CMMG

Em Maio o Caetano afirmava que “os camiões não podem esperar à porta da empresa e têm que fazer o planeamento das entregas. Foi estabelecida uma zona fora do aglomerado urbano para aí estacionarem e aguardarem, que será ao longo da Estrada do Guilherme, com a anuência e o controlo da PSP. Só saem, um de cada vez, à medida que tenham lugar na fábrica. Sempre que haja picos de entregas utilizar-se-á esta solução. A PSP também controlará a entrada em Picassinos“. Ontem a solução estava a funcionar às mil maravilhas!!!


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

6 Comentários

  1. A empresa já arranjou solução. A Câmara, para variar, em nada contribuiu para a mesma. Mas vão ver a Cidália a pavonear-se como se a solução que por aí há-de vir fosse dela… Pobre mulher.

    • Caro Anónimo. Sim, a empresa encontrou a solução, tal como a tinha encontrado há anos e que já teria sido implementada, não fossem as dificuldades que foram colocadas. A questão está em nada ser feito até que a solução seja posta em prática. Talvez o munícipe e o vereador Aurélio tenham mesmo que se ir deitar em frente aos camiões.

  2. Mas alguém já viu alguma coisa de jeito feita pelo Caetano? Já viram a folha de excel que prometeu?
    Podemos esperar sentados. Não tem feitio para fazer mais. Devagarinho

  3. Isso é muito bonito na escrita e na teoria mas quem vive em picassinos e todos os dias se depara com esta situação tem a certeza quem que na prática nada é feito

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário