CMMG

Há umas semanas alguns comentadores quiseram fazer do assunto dos textos que são classificados como SPAM uma arma de arremesso contra o que escrevemos. Depois do que ontem se ficou a saber, acreditamos que não mais queiram fazer disso tema. O sistema da câmara que gere os e-mails decidiu classificar como SPAM e-mails de munícipes que pediam respostas a assuntos que tem pendentes. Ninguém na câmara se lembrou de ver na caixa de SPAM o que por lá poderia estar e, mercê disso, houve pedidos que ficaram por ser respondidos. Naturalmente que entendemos que os sistemas devem fazer uma filtragem do que entra, mas será que não deveria haver quem fizesse uma verificação manual para que não houvesse situações como a que ontem foi relatada? Será que agora os comentadores que quase nos lincharam por causa do SPAM vão conseguir defender o que acontece na câmara? É que aqui são meros comentários ao passo que por lá são assuntos sérios. Aqui nós pelo menos fazemos uma verificação manual do que entra como SPAM!


Seguir
( 4 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

10 Comentários

      • Caro Paco Bandeira. É capaz de ter razão. Estamos aqui e estamos a ser comparados com os eleitos com pelouro, mas ainda falta um bocado até que consigamos perder conteúdo bastante até esse ponto.

  1. Nem sempre as queixas dos munícipes são pertinentes… acho bem um certo spam. Deveria tb haver spam nas reuniões de câmara, para abolir tricas e aproveitar aquele tempo desperdiçado a resolver as questões de fundo de décadas.

Comentários estão bloqueados.