CMMG

Há oito dias, quando foi a reunião de câmara, colocou-se uma questão que, podendo ser de menor importância, vem dar razão aos que dizem que algo não está bem na câmara. Parte-se do princípio que os eleitos com pelouros estão mais ou menos dentro dos assuntos quando os vão discutir. Sobre a questão da comparticipação do Estado, a relação entre o que os pais pagam e a câmara recebe e se a câmara ganha ou não dinheiro com os AAAF e CAF, os eleitos não souberam dar resposta. Possivelmente é uma questão de pormenor, mas parece-nos que há informações que não deveriam deixar de ser dadas nem os eleitos com pelouros deveriam ir para as reuniões sem saberem tudo o que sobre um determinado assunto devem saber. Nunca, como agora, os serviços foram tantas vezes chamados às reuniões de câmara. Os eleitos bem que tentam dar a imagem de competência, mas esbarram em detalhes que tinham obrigação de saber. Afinal de contas, deveriam ser eles quem comanda tudo na autarquia!

 


Seguir
( 5 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

23 Comentários

  1. Que vergonha!!! Esta gente leva os assuntos à reunião sem o mínimo de preparação, sem saberem do que se trata, é este caso concreto e todos os outros, em que são questionados pelos restantes vereadores e ficam a olhar para o assuntos sem saberem o mínimo do que se trata.
    Mais grave, neste caso, sendo a Presidente a anterior Vereadora do Pelouro, dois mandatos, não saber responder…
    É a esta competência que o Pedrosa se referia no artigo do jornal da passada semana, realmente, estão bem uns para os outros.

  2. João Paulo Pedrosa, tens que começar a escrever uns artiguinhos choramingas a dizer bem da Célia! A ver se consegues ir enganando o Povo com as tuas redações tipo Escola Primária!

    • Camarada Vilas, sendo como é uma pessoa humilde, trabalhadora e educada, que luta contra a prepotência e o imobilismo, só posso estar de acordo consigo e com a camarada Mariana. temos de aguardar
      Um abraço e espero brevemente tomar outro cafezinho consigo

  3. Nas reuniões de câmara municipal seria interessante colocar os serviços de informação atrás da cortina com o arquivo, para evitar vassilacões e indecisões….🤕

  4. “a nossa querida Cidália nem tocou no seu chá” (sic Pedrosa)… naturalmente para dar a resposta à pergunta do nosso “odioso” Aurélio.

  5. Para além da foto da celia parecer o montro do filme o nome da Rosa de Humberto eco, a cena de terror da reunião ainda é mais assustadora. Eu não entendo parece que o grupo Ps só olham para os de comentou na altura da ordem do dia. Não é feito nenhum trabalho prévio crítico. De facto quem manda na câmara são os serviços. Nunca vi nada assim.

  6. Este Largo das Calhandrices, não sei se já repararam, não há dúvida que é o orgão de comunicação oficial do MpM!
    Tem uns personagens pitorescos tal e qual o MpM. Será o Aurélio que paga isto?
    Portem-se bem, não fiquem com o rabo preso……

    • Caro Curioso, confirma então que é o MpM que paga isto. Aliás é óbvio, o anonimato só dura até certo ponto! Para alguém minimamente atento pode ver-se que a “caligrafia” até é de gente muito próxima do JMG….

      • Caro O Observador. Não seja tonto. Estávamos a ser irónicos. Todas as forças nos pagam o mesmo. Pelos vistos temos que escrever o montante. É zero!

      • A “caligrafia” não engana! Na verdade isso até nem está de acordo com o CDJ. Vejam lá no que se andam a “meter”.
        estas coisas são muito engraçadas, mas não duram sempre!

  7. A camara municipal ganha muito dinheiro com as refeições escolares há muitos anos porque cobrou sempre aos encarregados de educação mais dinheiro por cada refeição do que pagou.
    A soma do lucro em cada refeição por criança ao longo de um ano é considerável.
    A culpa é acima de tudo de quem nos tem (des) governado.
    A oposição que tem estado sempre em maioria nos sucessivos mandatos nunca devia permitir esta situação vergonhosa e desconhecida para a quase totalidade dos encarregados de educação.

    • O Aurelio e o MPM é que têm a culpa. Por isso é que isto chegou a este estado.
      Os marinhenses devem dar-lhes uma oportunidade para depois podermos falar.
      O que temos visto das pessoas que estão no MPM é que são de reconhecida competencia na vida profissional e social.
      Vou continuar a acompanhar e se continuarem assim irei falar aos meus amigos que é tempo de mudança e sugiro que votem no MPM

    • É tudo a mesma laia. Como não conseguiram sacar quando estavam nos outros partidos formaram o MpM para atacar os cofres do município. Estão lá todos…

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário