AM

Encomendámos o pequeno almoço e os paezinhos quentes, a manteiguinha estão a chegar e a seguir a festa continua” foi assim que o Caetano começou a sua intervenção depois da Cidália se calar na Assembleia Municipal de ontem.  A Célia começou a sua intervenção por dizer que “eu já encomendei o almoço” o que faz com que, entre os dois, seja difícil escolhermos qual a melhor forma de começar uma intervenção. Seria difícil resumirmos melhor aquilo que foi a intervenção da presidente. Durante quase uma hora a Cidália falou sem dizer quase nada de novo. A verdade é que fez com que todos apanhassem uma enorme seca, seca que foi sendo visível na cara do Caetano. A Susana, inexperiente, foi deixando que a Cidália fosse falando, sem qualquer controle em termos de tempo e sem chamar a atenção para o que foi um discurso monótono e aborrecido. Não deixa de ser interessante ver-se e ouvir-se a Cidália falar o tempo que quis, enrolando e enrolando os assuntos, e nas reuniões que ela conduz na câmara estar sempre com o cronometro! A seca que ontem deu a todos os que estavam na AM só se assemelha à que deu quando, no fim-de-semana passado, interviu na festa organizada pela vidreira SB e aproveitou para não dizer nada. De notar o facto de, mais uma vez, a Cidália, mesmo depois do Álvaro ter falado nas matas, nos sobreiros que estão secos e na falta de atenção que tem existido por parte do ICNF, facto que quase todos os deputados deram conta, ela se mantenha num silêncio cúmplice, sem que tenha coragem de apontar o dedo aos responsáveis e quase justificando o que não se vê acontecer com o texto que há dias saiu num jornal onde se referia que irão ser necessárias décadas para que o pinhal volte a ser o que já foi. Começa a ser constrangedor assistir a este constante desculpar do que não se faz.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 Comentários

  1. Sim! Nem queria acreditar no que estava a acontecer naquela sessão. A Sra Cidália esteve ao seu melhor nível: nível 0
    Seca, enrola, não disse absolutamente NADA.

    2
    1
  2. Assim de repente ao ler este texto recordo algumas coisas que se faziam nesta terra para entreter o pessoal. Internet era coisa de ficção cientifica e televisão era só um canal.
    Refiro-me ao teatro de revista da Ordem e do Império. Lembro o Xico Mantilha (Francisco Carvalho Duarte) Felizmente vivo e ao Fernando Luz (infelizmente já desaparecido). Claro que havia mais e muito mais. Sugiro a alguns resistentes que ainda vão de vez em quando encenando peças que recolham algumas historietas a que por aqui vamos assistindo e se leve a cabo um espectáculo de revista. Já, agora no mínimo dava para rir um pouco porque chega de tristezas por sermos tão mal tratados por figurantes tão mal escolhidos.

Comentários estão bloqueados.