CMMG

Não há muitos adjectivos que podem ser usados para descrever o que se passa na câmara em muitos sectores. As actividades de animação e apoio à família, que deveriam começar na próxima segunda, com o início das aulas, não vão começar porque o concurso público foi lançado tarde e não houve tempo para que a câmara e a empresa que ganhou o concurso tratassem da documentação necessária para que tudo estivesse em condições de segunda poderem começar. Se fosse necessário algum exemplo para descrever o que é incompetência, este parece ser o suficiente. A Célia está a ter um desempenho que apenas pode ser considerado como vergonhoso. Bom, bem vistas as coisas, há coisa adjectivos que descrevem o que está a acontecer: incompetência e vergonhoso.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

13 Comentários

  1. Caro Curioso,
    Agora também resolveu escrever artigos autobiográficos? “Incompetência e vergonhoso” ! Não se faça de humilde ….
    Bom fim de semana

  2. … e é esta mesma gente que quer e se prepara para aceitar, com toda a subserviência, a transferência de competências na área da educação…
    Realmente, para além de vergonhosamente incompetentes são burrrrros e atrevidos

  3. Como já referi anteriormente, sou pai e exijo profissionalismo. Dado que a celia não resolveu os temas escolares em tempo útil. Deve apresentar a sua demissão segunda feira sem falta. Não há desculpas ponto. Espero que a oposição na reunião de segunda feira também exija este pedido. Chegou a hora de actuar.

  4. Enquanto a chefe das finanças mandar na Câmara não existe nenhum executivo que consiga fazer alguma coisa pela Marinha Grande.

  5. Tem de haver sempre um bode expiatório para justificar tanta incompetência do executivo. Celia tenha um pingo de vergonha, deixe a Câmara e dedique-se a tempo inteiro á banca do peixe.

    • E vender peixe não é uma profissão digna ? Cambada de preconceituosos! Antes peixeira que chula!

      1
      1
      • O problema é que a passaram de uma banca de vender peixe para um local com responsabilidade. O resultado está à vista. Não basta ser uma pessoa séria. É essencial que seja competente. A senhora vereadora pode ser muito séria. Competente é outra questão e o assunto das refeições e agora este das AAAF e CAF demonstra o que ela é. Pode ser que agora explique porque esteve no verão a vender peixe em vez de estar atenta às crianças.

  6. Não sei se é o padreco ou o cantor, que tem vindo a fazer ameaças por varias vezes. Não vale a pena calar o povo. Não gostam de ouvir verdades paciência. Chega de tanta mentira e manipulação. E já agora va ameaçar a sua prima.

Comentários estão bloqueados.