CMMG

A Marinha Grande hoje é noticia no jornal “PUBLICO”!

Pensamos que todos gostam de ver noticias cá da terra em jornais nacionais. Mas, quando são pelas piores razões… não gostamos, nada!

A seguir transcrevemos na integra a noticia que foi hoje publicada.

Câmara da Marinha Grande alerta que águas em duas zonas são impróprias para banhos

A autarquia aconselha a população e turistas a utilizar as praias balneares de Vieira de Leiria, Pedras Negras, Praia Velha e São Pedro de Moel.

O município da Marinha Grande alertou nesta terça-feira que as águas junto à foz do rio Lis, em Vieira de Leiria, e do Ribeiro de São Pedro, em São Pedro de Moel, são impróprias para banhos.

Na sequência de uma comunicação da Unidade de Saúde Pública (USP) à Câmara da Marinha Grande, no distrito de Leiria, a autarquia, liderada por Cidália Ferreira (PS), apelou à população para não utilizar as duas zonas para banhos.

Embora ambos os locais não estejam considerados como zona balnear identificada, o município refere, numa nota de imprensa, que estas águas são frequentadas por muitos banhistas e veraneantes, “pelo que se justifica uma atenção especial, no que respeita às condições de segurança, salubridade e qualidade da água”.

No comunicado, a autarquia informa que está a acompanhar a situação e irá promover a monitorização sistemática da qualidade das águas do rio Lis e do ribeiro de São Pedro, nomeadamente através da realização de análises periódicas, por forma a precaver qualquer situação que possa colocar em causa a saúde pública.

A autarquia aconselha a população e turistas a utilizar as praias balneares de Vieira de Leiria, Pedras Negras, Praia Velha e São Pedro de Moel, por terem “vigilância, acessibilidades e controlo da qualidade da água”.

De entre as praias balneares do concelho, Vieira de Leiria e São Pedro de Moel foram distinguidas como praias acessíveis pela Administração da Região Hidrográfica, por estarem dotadas das condições necessárias para que os cidadãos com mobilidade condicionada possam aceder aos areais e, sempre que possível, também à água, refere a autarquia.

São Pedro de Moel, Pedras Negras e Praia Velha foram, mais uma vez, classificadas como “Praia com Qualidade de Ouro”, pela Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza, que anualmente distingue as praias costeiras e fluviais com melhor qualidade da água.

Já as praias Vieira Norte (a norte da foz do rio Lis), Samouco, Concha, Valeiras e Água de Madeiros (na área situada no concelho da Marinha Grande) são desaconselhadas para utilização, por não serem consideradas como águas balneares pela Agência Portuguesa do Ambiente, adverte ainda a autarquia.


Seguir
( 3 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

11 Comentários

  1. Nós aqui neste espaço. Por vezes a sermos ridicularizados. O staff socialista em constante negação. A verdade vem sempre ao de cima.

  2. Já todos perceberam porque é que, nos mandatos de Álvaro Órfão nos recusámos a apresentar candidaturas à Bandeira Azul?
    Acabem com a impunidade com que os porqueiros de Leiria poluem as ribeiras que desaguam no Liz e obriguem os senhores de S.Pedro, com casa pendentes sobre o vale, a construir sistemas de bombagem elevatória para a rede pública de saneamento e os coliformes fecais acabam no Ribeiro.
    Sem isso, esqueçam as bandeiras azuis.

    • ReEm S Pedro também há porqueiros a mandar porcaria para o Ribeiro? Não me parece.
      Há sim porcos que enviam dejetos para o Ribeiro e, já agora, porcos que não mandam fiscalizar.
      Ao que li, esses porcos, sabiam há muito do problema e nada fizeram para, pelo menos, avisar a população.

  3. Pena que este aviso venha com um mês de atraso mas…é compreensível. ..tal como foi impossível fazer o placar para afixar nos locais, por doença do funcionário da carpintaria, também deve haver falta de pessoal para enviar notas de imprensa!

  4. Em 02/07/2018,
    a Unidade de Saúde Pública, solicitou ao Município a colocação de um alerta de “água imprópria para banhos”, destinado à população de banhistas e veraneantes, principalmente por serem as crianças a usufruírem destes locais (Ribeiro da Praia de S. Pedro e Foz do Rio Liz – Praia da Vieira).

    Em 27 de Julho,como nada foi feito, volta a pedir a colocação dos avisos.

    A 1 de agosto, a Unidade Saúde Publica Marinha Grande enviou pela TERCEIRA VEZ um email a relembrar que a Câmara NADA TINHA FEITO.

    Em 2 de Agosto respondeu o Gabinete da Presidência a dizer que não tinha feito os placards porque os 2 trabalhadores de carpintaria não estavam ao trabalho por motivo de doença.

    Passou mais de 1 mês, e a câmara escondeu este facto à POPULAÇÃO?! É isto que merecem os Marinhenses, e quem nos visita?! VERGONHA…

    ISTO É CRIME, DIGO EU!!!

    RUA!!!
    SEUS BANDALHOS INCOMPETENTES!

    • se isso não é classe não sei o que é. foram as medidas de modernização do município falado pela presidente da autarquia que ainda não está a funcionar muito bem…tipo ler emails.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário