CMMG

As Festas terminaram. Hoje começa o Rally e não há uma tasquinha onde os fãs da velocidade possam comer alguma coisa. A câmara, em vez de promover umas festas que durem mais do que dois dias e meio, mantém a mesma estrutura inicial. Ao contrário do que acontece noutros locais, onde as festas duram mais do que um fim-de-semana, aqui as colectividades são obrigadas a ter as tasquinhas limpas e sem nada na segunda às oito da manhã para que possam ser desmontadas. É assim inevitável compararmos o que aqui se faz com o que acontece noutros concelhos. Se é verdade que as festas aqui na terra correm bem, é impossível que corressem mal. Os munícipes anseiam por eventos e, num fim-de-semana, é normal que as pessoas saiam de casa. É o único momento do ano em que têm motivos para sair. Mas é pena que não aprendam com o que acontece noutros concelhos e inovem, façam mais do que apenas aquilo a que se habituaram. O ex-vereador deixou-lhes o guia para as festas e agora o que fazem é apenas segui-lo, sem que sejam capazes de fazer melhor, por mais tempo e aproveitando as oportunidades que até existem. Neste mês em que estavam programadas as festas, o rally e o mundial de futebol a câmara não foi capaz de ver que poderia estender o período das festas por mais tempo e, com isso, permitir que a quantidade de pessoas que poderão ter interesse em sair de casa o fizessem por mais tempo. Resta assim ir aos outros concelhos onde as preocupações parecem ser a de criar mais e melhor e não apenas sempre a mesma coisa.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook