CMMG

Todos os que vivem em Picassinos sabem qual o problema que existe com o tráfego de camiões. Muito por culpa do ex-presidente de há dois mandatos e do seu vice, mais tarde também ele presidente, o assunto tem andado a ser arrastado ao longo dos anos. O problema agora terá uma solução que, se por um lado poderá evitar que camiões estejam estacionados em Picassinos, irá criar um outro problema na Zona Industrial. Os camiões irão estar estacionados em fila na Rua do Guilherme e irão fazer o percurso para a empresa por uma das zonas onde há já muita circulação de viaturas. Sem que seja uma zona de ultrapassagem, é de prever que o caos se instale nas rotundas e junto aos semáforos. Quem ali passa em hora de saída das fábricas sabe o que é ficar mais de meia hora parado no trânsito, por um lado porque há muitos carros, por outro porque há muitos que, para não estarem a fazer ponto de embraiagem, param antes da subida, fazendo com que a fila de carros seja ainda maior. Para ajudar à festa, irão ter agora os camiões que terão que passar necessariamente por ali. Pelo que foi afirmado, o estacionamento irá ser controlado pela PSP e aqui surge uma questão! Se não há agentes suficientes para patrulhar o concelho, como irão destacar alguém para ali? E porque motivo nunca se viu nenhum agente a controlar o transito naquela zona, procurando diminuir as filas que se estendem até à rotunda? Sem que tenham conseguido até hoje arranjar uma solução, vão apenas deslocar o problema de um lado para o outro. Uma coisa é certa, não invejamos a paciência dos que no dia-a-dia têm que entrar e sair da Zona Industrial.


Seguir
( 6 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

14 Comentários

  1. Qualquer solução mesmo provisoria não presta; o curioso tem a palma d’ouro do “deita abaixo”; tem alguma melhor solução ou é mesmo o gosto de nunca nada fazêr nem deixar avançar; o que està por detràs de toda esta azia? jà reparou que cada vez mais os comentadores estão a diminuir ” do CM da marinha grande”

    • Caro Anónimo. Naturalmente que agora não há soluções fáceis. Os eleitos do PS não facilitaram a solução que há anos esteve em cima da mesa e agora é difícil. O que nos parece é que, tendo em conta a incapacidade da autarquia em resolver problemas, estaremos perante mais uma solução provisória como as tendas do mercado. Quanto aos comentários, não temos essa percepção, mas é possível que tenha razão e que os que aqui passam comecem a achar que chover no molhado de nada adianta e que, perante uma câmara que dá sinais cada vez mais evidentes de incompetência, expressarem aqui ou noutro local a sua opinião é perda de tempo.

  2. Porque não fazer um parque T.I.R. nos terrenos entre o estadio e a linha caminho de ferro, com um ponto receção?

  3. Então e os camiões que vêm da estrada de Albergaria? Que são a larga maioria? São obrigados a ir para a zona industrial, para ficarem ali à espera.

      • Desculpe e, se conseguir, ajude-me a perceber: ´os camiões vão para a Rua do Guilherme? Aquela que fica após os semáforos, na direcção da antiga passagem de nível? Ou é na Estrada dos Guilhermes, a caminho da Maceira?

  4. ok. Então essa é a Estrada dos Guilhermes. O senhor vereador disse Rua do Guilherme e essa rua, é aquela sem saída que vai para a antiga passagem de nível. Porra… nem na porcaria do nome das ruas acertam! Que gente esta!

  5. por mim era contratar o gangue do sporting e dinamitar os camiões todos!!! eles que entrem na fabrica por outro buraco quelquer mas por Picassinos ja chega!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário