CMMG

E pronto, lá foi colocado mais um ‘pedestal’ naquilo que não lhes pertence. Muito gostam os políticos de ter placas e plaquinhas a assinar aquilo que fazem. O descerrar de mais este pedestal (e temos curiosidade em saber quantos pinheiros seriam comprados com o dinheiro que aquilo custou) fez-nos lembrar o que ontem aconteceu. A sirene dos bombeiros tocou que se fartou e temos imensa curiosidade em saber se os que mandam não ficaram com o coração apertado ou se foram à janela ver qual a parte do pinhal que resta e que está ainda por limpar estava a arder. As pedras colocam-se para que os políticos possam reclamar como seu aquilo que foi feito, mas ainda não vimos nenhuma pedra ser colocada com uma inscrição que faça lembrar os nomes dos que durante anos e anos mandaram – onde se inclui a Cidália – e nada fizeram para que a mata e o pinhal fossem limpos, assumindo sempre uma postura de subserviência em relação ao ‘dono’ do pinhal, ‘dono’ que achou que os carrinhos de bebés estragavam o pinhal para impedir o “Pinhal das Artes”, mas hoje acha bem que alguém faça o que a eles lhes competia e até não se opõe a que sejam colocados pedestais onde antes nem um tijolo se podia colocar! Essa sim era uma placa que gostávamos de ver ser descerrada.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

5 comentários

  1. Ai está mais uma “rota turistica” no passado recente fazia-se a volta dos tristes, a voltinha na mata, agora vamos começar a fazer a volta dos mamarrachos. Isto há cada uma!!!

  2. Eu gostaria antes de ver um memorial para lembrar esses gloriosos homens que perderam a vida numa causa de todos e que ficam para sempre esquecidos…

  3. Isto confirma uma afirmação que ouvi por estes dias , na boca de um ex-primeiro ministro e passo a citar “sou vaidoso e todos os políticos são vaidosos”. Acho que está tudo dito. Só lamento que sejamos tão subservientes.

  4. Cidália, mais tempo dispendido no pinhal do que nas suas funções na câmara. Penso que os seus eleitores já terão entendido no logro em que votaram

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário