Dois erros não fazem um acerto

CuriosoAM, Ana, MpM7 Comentários


“Dois erros não fazem um acerto” e esta expressão parece ser uma que a Ana, e o Aurélio por arrasto, não domina. No texto de opinião que hoje foi publicado teima em defender o que foi a sua forma de intervir na ultima assembleia municipal como munícipe quando é, simultaneamente, vereadora. Não se põe em causa tudo o que vem escrito a partir do quarto parágrafo já que são facto de todos conhecidos. A questão está no facto de querer defender a sua forma de agir com o que aconteceu há uns oito anos, quando o então deputado Rui Pedrosa saiu do lugar que ocupava, enquanto eleito, para falar como freguês na assembleia de freguesia. É verdade que nessa altura ninguém colocou problemas com essa atitude, mas não é menos verdade que um erro não justifica o outro. A justificação que a Ana hoje vem tentar dar parece ser uma de quem está de olhos fechados e ouvidos tapados. Isto porque não viu que poderia ter escrito quase o mesmo, mas de outro modo e não deu ouvidos ao que se pôde ouvir na assembleia na qual se percebeu que a forma que tinha encontrado não era a mais ajustada. Na justificação que hoje tentou dar para o que aconteceu poderia, melhor dizendo, deveria ter esclarecido que o que pediu se deveu ao facto de não constar na acta da assembleia municipal a totalidade das intervenções dos deputados já que aparecem apenas seis e foram 15 os que intervieram (um dos quais até falou duas vezes, o que nos parece ser contra o regimento); deveria ter esclarecido que já antes tinha pedido a intervenção que a Cidália fez na assembleia municipal de Dezembro, sem que tivesse tido resposta e que na acta essa intervenção não aparece; deveria ter esclarecido que a acta, apesar de aprovada, não reflecte tudo o que se passou na assembleia municipal e deveria ter explicado que aquela forma anómala que encontrou de intervir na assembleia se deveu ao facto de não lhe ter sido dado resposta ao pedido, ou melhor, que até foi afirmado que nada havia para dar quando, quem esteve na assembleia, pôde ouvir o que nunca antes se tinha ouvido ser dito pela Cidália. Deveria ter esclarecido tudo isso sem se desculpar com um precedente que, tendo sido permitido, não faz com que a forma que encontrou para intervir fosse a correcta.


Seguir
( 1 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

7 Comentário em “Dois erros não fazem um acerto”

  1. Avatar

    Não querendo ser machista, mas se esta senhora representa as actuais mulheres na politica, então é melhor que fiquem afastadas por mais uns seculos. Que fiasco

  2. Avatar

    Visitem o relatório da auditoria à Câmara de Ourém nas áreas coordenadas por esta figura ė só buracos e aldrabices

  3. Avatar

    Desculpe a pergunta mas que faz esta alminha em Ourém? E já agora qual a ligação à MG alguém me explica o histórico.

  4. Avatar

    Sou de Picassinos e vivo e trabalho na camara de Ourem. Nunca deixei de ser uma marinhense e por isso acompanho o que se passa.
    Ninguém me pediu para ser advogada de defesa, mas achei que é a altura de dizer o que conheço sobre a Ana. Ela é uma marinhense como eu, e em Ourem toda a gente a conhece. Quando as pessoas precisam de alguma coisa das escolas ou têm dificuldades na vida vão falar ao serviço da Ana, que ajuda sempre. Por isso ela é tao bem aceite.
    No meu serviço falamos com a Ana quando preciso dum transporte, que também é da responsabilidade dela, e sempre encontramos solução.
    Na camara reconhecemos a grande capacidade de trabalho da Ana, mas também o rigor com que dirige as centenas de pessoas que estão a seu cargo.
    Acho injusto que alguém da Marinha e não conhece a Ana e o que faz na camara de Ourem, venha aqui dizer estas coisas, que não são verdade. Acho que se querem denegrir devem faze-lo diretamente à Ana, sem ser escondidos no anonimato, e posso dizer-vos que a Ana para eles.

  5. Avatar

    Ok, quer dizer que ela está em duas câmaras ao mesmo Tempo? Desculpe a ignorância não tenho acompanhado a política local mas ultimamente o que se diz sobre ela é o MPM é muito negativo.
    Vou tentar saber o que se passa em concreto. Obrigado

  6. Avatar

    A má fé de muitos comentadores, alguns deles conhecedores das capacidades da Ana, é evidente neste blogue.

    Não sabem do que falam nem de quem falam. Ficariam corados de vergonha se os nomes deles viessem a público.

  7. Avatar

    Já estive a analisar alguns temas,não sei a dimensão que alguns tiveram, mas de facto a Ana foi inocente e imatura na Assembleia municipal. Independentemente de ter certamente qualidades. Quanto ao resto vou acompanhar e ver melhor o que se passa com MPM.
    abraço

Leave a Reply