CaetanoCidáliaCMMGPS

Ontem foi dado a conhecer que as obras da creche e da Rua do Repouso tiveram finalmente seguimento. Não tardou para que o PS e quem o dirige viesse vangloriar-se com tal facto como sendo algo vindo da “determinação da Cidália Ferreira e do Carlos Caetano”. Entende-se que se queira colher os frutos, mas serão eles resultado da determinação de alguém ou do vencimento pelo cansaço? Ontem o Caetano deixou tudo em pratos limpos. Não se tratou de determinação de quem quer que fosse! A obra que irá avançar acontece agora porque só agora terminaram os procedimentos tendentes a conseguirem a expropriação. Calhou ser no mandato da Cidália como poderia ter sido noutro ou mesmo daqui a meses! Quer esta obra quer a da creche tem andado enrolada em procedimentos e mais procedimentos durante anos a fio. Algum dia tinham que terminar e aconteceu isso ocorrer agora, nada mais do que isso. Não deixa, por isso, de ser estranho o aproveitamento que o partido quer fazer de algo que nada tem a ver com determinação de quem quer que fosse. Aliás, não deixa de ser interessante ver-se que, neste caso, o argumento é o da determinação de quem está há três meses na câmara, mas esse argumento não serve quando são pedidas explicações e a desculpa que vem é a de que ainda estão há pouco tempo no poder! Um argumento vale para umas coisas, mas já não serve para outras? A coroa que o PS quer colocar na cabeça da presidente é, no entanto, como os argumentos… de papelão. Os argumentos são como a coroa, desfazem-se aos primeiros salpicos de chuva.


Seguir
( 5 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

8 Comentários

    • Caro Anónimo. Fala-se, como é óbvio. Não foi um processo simples aquele que permitiu que se chegasse onde se está agora. O que nos parece errado é tentar atribuir o que agora se conseguiu à determinação de quem quer que seja. Foi apenas o processo normal de expropriação que teve um fim e que nada tem a ver com determinação de algum eleito. Essa era uma obra que estava prevista há muito e que agora vai finalmente ter seguimento. O vereador Caetano deixou isso claro, sem que tenha tentado colher frutos como o PS está a tentar.

  1. Então e o PTE 2030, assinado com pompa e circunstância na presença do Primeiro Ministro, já começou. Foi anunciado como a menina dos olhos da Presidente Cidália, será que a Cidália já não tem olhos?

  2. Creio que há um pequeno pormenor que por aqui tem escapado. O bocado de estrada na rua do repouso de Casal Galego até ao bocado que falta, foi feito a expensas da vidreira “Gallo Vidros” em troca/contrapartida do licenciamento dos pavilhões existentes no cruzamento Garcia /Amieira. Quanto ao resto chamar vergonha é pouco. Perguntem aos familiares da vitimas que ali perderam a vida.

    • Ora cá está um bom exemplo na defesa do interesse dos munícipes. As vidreiras e outras actividades industriais são quem mais contribui para a degradação dos pavimentos das ruas e estradas da Marinha Grande. Deviam por isso contribuir mais para a sua manutenção.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário