CaetanoCidáliaCMMG

Temos, quando os factos revelam que estamos errados em relação ao que pensávamos que iria acontecer, o dever de reconhecer que estávamos errados. Já hoje o demos a entender, mas devemos assumir que pensámos algo que não se está a confirmar. Referimo-nos ao que pensávamos que iria ser o desempenho do Caetano. O seu desempenho na AM fez-nos crer que iria ser um eleito apagado, sem qualquer intervenção. Não podemos ainda dizer que fez muito, mas a sua postura leva a que tenhamos que assumir que errámos na previsão. Tem-se assistido nas reuniões de câmara, e hoje foi claramente visível, que existe da sua parte uma preocupação em dar explicações aos munícipes e aos demais vereadores sobre o que se passa. Ao contrário do que se vê ser a postura da Cidália, que parece ter perdido o coração que foi a sua imagem de marca na campanha e que está a procurar impor-se, ainda que sem sucesso, o Caetano está a mostrar que pode ter-se poder e estar-se próximos dos que não o têm. Isto leva-nos ao que é visível: há uma clara distinção entre a presidente e o vice-presidente e acreditamos que isso irá levar a que, a curto prazo, haja uma ruptura entre os dois. Não é compatível alguém que queira estar próximo dos eleitos manter-se com relações próximas da Cidália e do que é a sua postura autoritária e intransigente. A Cidália perdeu o ‘coração’ no momento em que foi eleita e está a mostrar o pior que se poderia esperar encontrar-se num eleito. Resta, por isso, saber quanto tempo irão conseguir-se manter unidos e quem irá aguentar a pressão. Uma coisa é certa, pelo andar da carruagem a Cidália não tardará muito até que esteja sozinha na sua senda de conseguir gerir a câmara sozinha.


Seguir
( 2 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

7 Comentários

  1. É nos momentos de verdade que se conhecem as pessoas. A verdadeira Cidália é esta que está a fingir que dirige a Câmara. Qualquer pessoa de bom senso ficaria incomodada com a sua postura.

  2. Mas a Cidália sempre foi assim, sonsa e dissimulada.
    O Caetano que se cuide, a Cidália não lhe vai perdoar este elogio, aliás já se nota bem o distanciamento e a postura tanto da Cidáliacomo da Célia ao marginalizarem o Caetano. Veja-se até pela disposição dos gabinetes e do staf de apoio. O Caetano foi arrumado a um canto num gabinete isolado e distante, as secretárias e o adjunto e chefe de gabinete estão todos ao serviço da Cidália e da Célia.

  3. Gostei do que vi da postura do Vice-Presidente, com respostas instruídas e claras e indicando hipóteses de soluções para os problemas ainda não tratados. Já não gostei da pressão psicológica que concertadamente a oposição está a fazer à Presidente julgando identificadas as suas hipotéticas fragilidades. Isto não é do interesse do Concelho. Para o bem e para o mal, foi na Presidente Cidália Ferreira que os Munícipes votaram há pouco mais de três meses.

    • Não era a Cidália Ferreira a cabeça de lista do PS? A escolha da cabeça de lista pode ter sido boa ou má opção, mas permitir que se faça bullying sobre a sua pessoa com ataques à personalidade e até ao carácter e ou sobre a Presidente da Câmara que os munícipes elegeram, parece-me muito mau. Mas enfim, se dum lado chove, do outro troveja, Já não há politicos nem críticos como antes, está tudo nivelado por baixo.

      • Caro TowTawer. Não entendemos o que quis dizer. Em que medida há bullying sobre a Presidente da Câmara se o que foi escrito são apenas factos?

  4. Já que um dos anónimos falou em nivelar por baixo, acho que o que se passa agora na Câmara é assim: Caetano e vereadores da oposição bem lá em cima. Cidália bem lá em baixo. Célia, nem lá vou nem faço falta. E a última reunião de Câmara foi bem demonstrativa disso mesmo.

Comentários estão bloqueados.