Outlet

Categoria Aurélio by Curioso21 Comentários


Na semana passada, no debate entre alguns dos candidatos, foram faladas algumas das soluções que os candidatos preconizam para o centro, em especial se se vier a concretizar a compra das antigas instalações da FEIS. A Cidália quer lá por a piscina. No debate o Aurélio falou na colocação lá de um outlet, ainda que de forma algo superficial, e hoje no jornal desenvolveu a ideia. Um outlet é um local onde se vendem produtos de marca a preço de fábrica. A questão está pois em se saber se tal solução é viável para o concelho. Não temos conhecimento dos contactos que poderão já ter sido ou não feitos com as marcas que habitualmente vendem nesses locais e, como tal, temos dificuldade em tomar uma posição em termos de podermos afirmar que há ou não da parte deles interesse na sua instalação aqui no concelho. A questão fica, por isso, restringida ao se saber se há interesse para o concelho na instalação de um espaço destinado a esse fim. Também aqui não temos posição definida quanto às vantagens ou desvantagens de se usar a FEIS para colocação nela de um mercado desse tipo porque não conhecemos a posição dos comerciantes sobre essa matéria nem sabemos até que ponto a existência do Shopping a uma dezena de quilómetros não irá secar o que aqui se possa querer fazer. À primeira vista, tratando-se da colocação de espaços comerciais, parece ser uma ideia que poderá merecer que haja algum debate ainda mais se a integrarmos com a ideia defendida pelo Santos há já algum tempo de a isso se associar a colocação do mercado. Deixamos por isso a questão em aberto sobre se essa seria uma solução, ou a solução ideal, para trazer movimento ao centro tradicional e devolver vida a um local que tem vindo a morrer à medida que os anos vão passando. Será esse o caminho a seguir?


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Alvissaras. O macaco não tem opiniso. Um outlet no centro tradicional. Está nem ao Logrado lembra. Então o comércio queixa se, de falta de compradores, o estacionamento é escasso, a concorrência de um centro comercial a 10 km e evidente. Mas os Aureliios querem diferente. Olhem para todos os outros outlets do país e qual deles está num centro? Antes pelo contrário estão bem longe, nos arredores Só na Marinha será diferente como diz a campanha dos Aureliios. Os comerciantes e o presidente da Acimg devem estar eufóricos. Caso para perguntar o que anda a Acimg a fazer na campanha dos Aureliios?
    O Curioso queixava se de sonolência na campanha do Aurélio. Acorde homem . Tem aqui motivo para 10 posts, pois até parece que este é a pedra de toque de toque da campanha do MPM. Estiveram tanto tempo em reflexão para parir está ideia . Muita parra sumo bem azedo.

    1. Curioso Author

      Caro Anónimo. Temos opinião. Não temos é dados suficientes para poder alicerça-la num ou noutro sentido.

      1. Possa. Tem sempre elementos argumentos e outros entidades de tudo e nada sobre as outras campanhas sobre candidatos apoiantes palestrantes, sendo sabe inventa e agora . Sobre a piscina disse o que lhe apeteceu mesmo sendo asneiras e agora dobre está magnífica ideia dos Aureliios que parece ser o ovo de Colombo para revitalizar o centro com um fantástico outlet, remete se a um ” não tenho informação”. O macaca se não tem pergunte aos Aureliios que eles já devem ter o projecto feito , os investidores identificados . Olha se calhar são os chineses que vão fechar todas as lojas da Marinha comprar um quarteirão no centro e fazer o ” China let”. Fantástico

        1. Curioso Author

          Caro Anónimo. Em relação à piscina temos opinião formada porque nos parece que se há uma zona desportiva (o que deveria ser uma, bem entendido) não tem lógica que se faça uma de raiz numa área que deverá ser de comércio ou serviços. Aí a posição é clara e simples. Por isso existem zona definidas para cada tipo de infraestrutura. Quanto ao criar-se numa zona que é habitacional, de comércio e serviços um outlet parece-nos, à partida, não ser de enjeitar, mas não dispomos de elementos que permitam alicerçarmos e defender uma posição favorável ou contra essa solução. Há que não confundir o que não é confundível!

  2. Avatar

    Ainda bem que o MPM arriscou e lançou uma ideia para o centro histórico.
    Tive curiosidade e li com atenção o texto do JMG.
    Como já nos habituou, o Aurélio explicou com mais detalhe do que estava a falar quando referiu a solução OUTLET.
    Não se ficou pelos chavões mas detalhou o seu pensamento.
    Percebe-se que foi bem estudado e pode ser parte da solução para revitalizar o Centro, trazendo negócios e emprego.
    Tem lógica quer do ponto de vista de mercado quer do ponto de vista do aproveitamento dos espaços devolutos.

    1. Sim negócios e emprego para centro fecho de lojas e desemprego para os que lá estão. Um espaço daqueles que tanto pode ser dinamizador com um outlet .francamente

      1. Curioso Author

        Caro Anónimo. Como não temos dados que nos permitam concluir que isso levaria ao fecho de lojas e desemprego, não nos pronunciamos sem que tenhamos mais informação uma vez que um outlet funciona em moldes diferentes dos de um centro comercial e poderá levar, ou não, a uma alavancagem (que termo tão usado pelo ex-presidente e pelo actual sempre que se referiam à Resinagem) do centro tradicional.

    2. Avatar

      «Do ponto de vista de mercado?»… Quer explicar?
      Sabia que o Campera (que ele citou na entrevista) esteve insolvente em 2014 – foi vendido pelo Novo Banco – tendo desde então grande parte das lojas encerrado?
      Aliás a maior parte dos Outlets em Portugal têm sofrido do mesmo mal… acabam em insolvências e vendas ao desbarato no mercado imobiliário…
      Um Outlet na Marinha… quando Leiria tem o Shopping e vai ter um segundo, já em construção…?
      O Leiria Plaza em pleno coração da cidade está meio cheio meio vazio…!!
      O velhinho D. Dinis ou o São Francisco estão apenas a sobreviver com os resistentes…!
      E a Marinha Grande vai ter um Outlet de sucesso com milhares de visitantes?!!!
      O Aurélio que apresente o estudo independente que fundamenta essa opção se o tem… é que mesmo que o tenha provavelmente deve ter sido feito como o do mercado, à medida das suas conveniências, com perguntas escolhidas para dar o resultado que se pretende!

  3. Avatar

    Já que o Mercado Municipal vai para a «zona desportiva» com o apoio e incentivo do Aurélio (principal defensor por razões familiares dessa opção) porque raio não pode a Piscina ser instalada nas FEIS voltada para o Parque da Cerca sendo que este é também um espaço de lazer e de desporto informal?! De resto as Piscinas não ocupariam o espaço total disponível podendo conciliar-se com outros espaços inclusive de comércio, serviços, restauração, artesanato, etc…

    1. Curioso Author

      Caro Anónimo. Se leu o que temos vindo a escrever, não leu nada que permita concluir que achamos bem que o mercado possa ir para a zona desportiva.

      1. Avatar

        Um outlet no centro histórico nas antigas instalações da FEIS? Que horror de ideia. Os outlets estão às moscas, a fechar! Com imensos problemas! E depois? As pessoas vêm ao Outlet comprar “trapos”, e nada mais! É como ir a Leiria ao Shopping. Entram no Shopping e saiem do Shopping sem pôr um pezinho em Leiria! É assim que o Aurelio quer acabar com a desertifcação do Centro? Valha-me Deus que esta não lembra o Diabo. E o Curioso “ainda não tem opinião” sobre o assunto? O Curioso que é sempre o primeiro a opinar sobre tudo e todos (com excepção dos Aurélios, claro)! Quem diria!

        1. Curioso Author

          Caro Anónimo. Como já referimos, temos opinião sobre a matéria. Não temos é ainda os dados completos que nos permitam alicerçá-la acima de tudo porque desconhecemos a abrangência do que pode ser a proposta. Uma das razões que leva a que não rejeitemos a proposta tem a ver com o que refere. Se é verdade que em Leiria as pessoas vão ao shopping e nem vão ao centro da cidade, um ‘shopping’ aqui bem no coração da cidade teria o efeito oposto do que refere. Não se trata de fazer um ‘shopping’ na periferia, mas bem no centro da cidade e, se a isso, se associasse a passagem do mercado, em moldes diferentes dos actualmente existentes, parece-nos que poderia ter o efeito oposto do que acontece em Leiria. Mas, como referimos, não conhecemos na totalidade a proposta e, como tal, não podemos nem devemos dar uma opinião definitiva sem que conheçamos todas as condicionantes.

  4. Avatar

    Pois, agora o Shopping no meio da cidade, na FEIS, tem o efeito das pessoas irem ao Jornaleiro comprar o jornal ou à tasca nova almoçar!
    Oh Curioso, está à rasca para justificar tamanha parvoíce. Os outlets têm tudo lá dentro…As pessoas não precisam de sair do Outlet para nada! Porque se não fõr assim, ninguém lá vai! Os Aurélios e o MPM querem secar tudo à volta daquilo…Acabar com o Centro Histórico de vez! Que grande tiro no pé,caramba.Mas o Curioso insiste em tentar dourar a pílula…

    1. Curioso Author

      Caro Anónimo. Não nos cabe justificar o que quer que seja nem dourar alguma coisa. Já fomos ao outlet de Leiria e lá só encontrámos roupa. Para comer alguma coisa, teve que ser fora uma vez que não somos traças e tecido não nos alimenta, daí que, como não conhecemos a ideia total para além do que vem escrito, não vamos supor cenários. Quanto ao ‘shopping’ que escrevemos entre aspas, não tente usar o termo para outros fins. Escrevemos entre aspas por isso mesmo. Ninguém falou em criar um ‘shopping’ aqui no centro.

      1. Puxa quando foi da piscina até fez um boneco, e fartou se de comentar sem mesmo saber que projecto , onde exatamente, Quando dos Aureliios quando da sede campanha até uma maquete publicou tal era o entusiasmo. Das propostas dos outros partido e prodígio em comentários suposições, Mas agora perante uma estupidez de proposta não comenta porque não possui todos os elementos. Bolas terão os Aureliios os telefones desligados ou a sede fechada? Não será esta proposta de um interesse muito maior que a pode dos candidatos do PSD nos cartazes ou sangue derramado pelos cães dia ciganos. Não está está a ser difícil de engolir e o macaco digere mas as parvoíces do MPM. E depois não gosta que o associem aos Aureliios. Há e não teve tempo de auscultar a Acimg? Ou o Lemos também está dr boca rolhada?

        1. Curioso Author

          Caro Anónimo. Se o candidato fez ou não auscultação da ACIMG não sabemos. Poderá perguntar-lhe. Quanto à piscina não fomos saber do projecto porque, como a sua candidata afirmou, é a ideia dela e, como sempre, não se trata de um projecto. É apenas mais uma ideia avulsa.

  5. Avatar

    Não li em lado nenhum que a ideia seja fazer um outlet nas antigas instalações da FEIS mas sim aproveitar algumas das lojas abandonadas do centro para abrir com lojas outlet e assim dinamizar o centro e levar a abertura de outro tipo de comércio, não me parece assim tão disparatado e talvez até seja uma ideia a considerar.

  6. Avatar

    Esta então ainda é melhor! Abrir mini outlets? Nas lojas abandonadas? Mas têm dono! E com que marcas? Agora que viram o tirito no pé, querem emendar a mão? Mas é pior a emenda que o soneto!!! Os Aurélios estão a ficar aflititos…

  7. Avatar

    Ideia brilhante. Será sentença de morte para o comercio tradicional. Isto de querer governar a autarquia como governam as empresas não custa nada. A diferença é que nas autarquias o dinheiro é dos contribuintes. Nas empresas não há problema. Se der para o torto pedem insolvência e abrem na porta ao lado com mais um financiamento Europeu.

  8. Vilas

    Que grande discussão vai por aqui! Permitam-me que também meta a “colher”! Em primeiro lugar penso a camara não se deve meter diretamente no tema. Passo a explicar. A câmara não deve comprar para depois alugar. A câmara não é nenhum agente imobiliário! Creio.
    Depois um “outlet” ? Como já alguém aqui disse os “outlets”, estão pelas ruas da amargura. Veja-se o célebre “Freeport” (do Sócrates), e o Campera…que têm mais de metade das lojas fechadas!
    Seria mais um enorme problema para a Marinha!
    Creio que há outra solução para revitalizar o centro da Marinha. Não sou nenhum iluminado e que tenho a solução na algibeira! Não, não tenho a solução, mas poderei ter a chave do problema.
    Não sei daqui alguém conhece o LxFactory…em Lisboa. Então cliquem neste link http://www.lxfactory.com/PT/welcome/ , depois de verem digam o que pensam. Não digo que seja igual, mas pode servir de base para se criar um modelo do género, certo? Acredito que possa ser uma boa ideia. Aguardo os vossos comentários… com interesse!

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address