CDUEleições

Como é lógico e acontece sempre, os líderes dos partidos vão sempre aos locais onde é necessário um apoio maior. As câmaras que estão mais ou menos seguras não necessitam de tanta atenção e, como é normal, os líderes partidários ‘esquecem’ um pouco esses locais seguros. Aqui na terra nada está seguro, mas parece haver quem queira jogar pelo seguro. No fim-de-semana veio cá o Costa e a FAE, ou FAG como a Cidália chama, esteve com muita gente. As cerca de 800 pessoas vieram ouvir e ver o Primeiro-Ministro e a sala esteve composta. Dia 18 virá cá a líder do BE e fará a sua intervenção nos jardins Stephens. Um local mais recatado e com menos espaço onde a líder do partido poderá ter uma moldura humana que se aproxime proporcionalmente dos votos que teve há quatro anos quando comparando com a votação do PS. E no dia seguinte, dia 19, virá cá o Jerónimo. A estrutura local optou por jogar pelo seguro e a sessão com o líder do partido irá ser feita na Casa da Cultura. Estão, por isso, limitados à capacidade que aquele espaço tem: 250 lugares! A opção de fazer ali o comício com o Jerónimo é, por um lado, uma forma de jogar pelo seguro, mas é, por outro, um sinal de fraqueza. Há, aliás, factos que começam a mostrar, ainda que de forma subliminar, algum do descontentamento que existe. A própria Isabel mudou, há três dias, a sua imagem no Facebook para uma que tem no fundo o Vítor! Poderão alguns dizer que nenhum significado tem, mas muitos vêm nisso muito mais do que uma mera mudança de foto.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

11 comentários

  1. 800 pessoas no Costa ? Nem coisa que se pareça ! Mesmo com comer a farta por 5 euros nem assim se safaram.O que era bom era não comprarem as pessoas e encherem salas com o apoio militante.

  2. Por acaso não foram 800 foram bem mais!

    E a Marinha Grande nem 300 militantes tem… esquecem-se da capacidade mobilizadora da Cidália que fez centenas de telefonemas a convidar pessoalmente as pessoas a estarem presentes… e as que não foram, não deixaram de lhe manifestar o seu apoio!
    Foi esse aliás o maior trabalho, e o mais importante, foi o contacto directo e pessoal com os Marinhenses, Vieirenses e Moitenses que conhecem a Cidália há muitos anos e não apenas de há 4 anos a esta parte como acontece com outros candidatos!
    Quanto ao preço do jantar… quem foi não foi por ser barato! Foi porque quis ali estar naquele dia, com esta Candidatura! É um absurdo ouvir falar-se de «comprar pessoas» para comparecerem nas iniciativas das campanhas (seja do PS seja do MPM ou da CDU ou de outra qualquer…), isso é argumento de quem não tem mais que dizer.

    Até à contagem dos votos não há vencedores, nem há vencidos!
    De resto, as eleições não se ganham aqui neste fórum!
    É nas urnas!
    Com o voto soberano do Povo!!!

  3. Estes líderes do largo só dão tiros nos pés, burrice, falta de inteligência e estupidex ativa. Continuem assim para todos nós nos continuarmos a rir. Bem hajam

    • Caro Vigário. É provável que tenha razão e que, por esse motivo, a leitura que fizemos do debate dos candidatos para a Junta da Marinha esteja errada. A “estupidex” que diz que temos é provável que devesse ter levado a que tivéssemos interpretado o debate de outro modo. Mas veremos de que lado está a burrice. Já faltam pouco mais de 15 dias!

      • Não é necessário esperar 15 dias, todos nós já sabemos quem irá vencer a Câmara Municipal !!! É necessário elaborar um desenho!? Quem tem “Urgência” em ir para a Câmara Municipal?
        Realmente há coisas fantásticas, estes jovens informáticos detetam em 3 minutos os IP’s de onde os Post’s são colocados. Até breve senhores lideres. Bem hajam

  4. O Costa veio para a FAE para dar a ilusão de apoio e a máquina partidária conseguiu arranjar apoiantes doutros concelhos a estarem presentes..
    O Jerónimo vem para um sítio resguardado que com os candidatos aos orgãos autárquicos mais os funcionários do Partido e mais um ou dois militantes enchem os 250 lugares (aqui nota-se um pequeno grande afastamento dos princípios de esquerda e do comunismo -a igualdade-, ora ao ser escolhido um sítio pequeno, mesmo que houvesse mais pessoas a quererem estar presentes não irão poder fazer porque já não há lugares). É triste quando defendem umas coisas e fazem outras… Assim só afastam militantes e simpatizantes…
    A Catarina vem cá à terra, mas sinceramente parece que não é porque a candidatura precisa de ajuda mas sim porque o Bloco de Esquerda corre o risco de eleger pessoas em todos os orgãos autárquicos (até na Câmara e na junta da Vieira). Parece que este apoio vem reforçar a confiança que o partido tem nos candidatos cá da terra..

    A ver vamos como tudo isto corre, até ao lavar dos cestos é a vindima…

  5. O comício com Jerónimo de Sousa está pensado, há bastante tempo, para o Teatro Stephens, não pela dimensão do espaço, mas sim pela honra do mesmo. É a nossa sala mais nobre.
    Porém, o PS, pela pessoa do ainda presidente da câmara tudo fez para que tal não fosse possível, negando a cedência do espaço, obrigando a CDU a ter que recorrer à CNE, que o fez engolir o sapo e ceder o Teatro Stephens.

    • Sala mais nobre mas só para alguns, onde está a igualdade? Onde estão os princípios marxistas? Ou é só estão feitos no papel?
      A CDU é o Partido na Marinha têm dado exemplos completamente opostos aos esperados…

      • A limitação de lugares disponíveis é algo que ultrapassa a CDU. Seja qual for o local, haverá sempre quem encontre críticas a apontar. Uma coisa lhe garanto, a última coisa que a CDU quer é descriminar seja quem for. O tempo é de união para bem da Marinha Grande que, talvez mais que nunca, precisa da CDU e gente séria e honesta para gerir a autarquia.

      • Caro anónimo,

        A limitação da sala escolhida é algo que ultrapassa a CDU é claro. Mas a escolha do local para a iniciativa é da responsabilidade da CDU. Se a “última” coisa que a CDU quer é discriminar seja quem for deveria ter escolhido um local que fosse grande o suficiente para receber todos os que quisessem assistir à iniciativa, ou será que foi escolhido para terem a certeza que conseguissem encher a sala?
        Mesmo que fosse por querem esta sala, há outras iniciativas mais “resguardadas” que podem ser feitas nesse local…
        Disse bem, a Marinha Grande precisa de gente séria e honesta para gerir a autarquia, e pelo “trabalho” desenvolvido nos últimos 4 anos pela actual candidata da CDU à CMMG, a CDU na pessoa da actual vereadora Alexandra Dengucho não são a escolha certa a fazer…

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário