A Cidália

CuriosoCidália, PS3 Comentários


A candidata do PS, a Cidália, surge depois do anúncio inesperado do Vicente de que não se iria recandidatar e depois de ter procurado quem ocupasse esse lugar. Não se pode dizer que tenha sido a escolha natural, mas vem um pouco à semelhança do que lhe tem vindo a acontecer desde que foi eleita há oito anos. No primeiro mandato, foram várias as notícias que saíram de que ela estaria presa por fios. Várias foram as vezes em que a sua saída esteve iminente, depois de ter não ter tido o apoio que poderia necessitar. Surge depois, no segundo mandato, para ocupar lugar na sequência da demissão do ex-presidente. Cumpre dois anos em regime de substituição. Foi, há quatro anos, relegada para o terceiro lugar e não é com espanto que se tenha visto ela tentar encontrar alguém para ocupar o lugar que hoje ocupa, que não se pode dizer que tenha sido por vontade própria, mas mais porque não encontrou mais ninguém disponível. A falta de motivação e espírito de missão que a levam a ocupar o lugar de cabeça-de-lista fazem prever que, caso seja eleita, não vá cumprir até ao fim o mandato. O desgaste e cansaço que tem evidenciado mostram isso. Nos seis anos de mandato que tem já cumpridos, não se pode dizer que deixe marcas. Foi com ela que, pela primeira vez, não houve celebração do Dia da Criança; com ela acabou a semana da educação; da bienal nunca mais se ouviu falar; não conseguiu por a bilheteira da Casa da Cultura a funcionar; não conseguiu comprar o painel de divulgação electrónico; não conseguiu ter os museus ou o espaço da Resinagem abertos aos fins-de-semana; não conseguiu inovar nas Festas da Cidade; não aprovou a carta educativa; não conseguiu por a funcionar a creche; não conseguiu apresentar alterações ao regulamento de actividades desportivas nem dos apoios às colectividades; não conseguiu criar eventos que levassem movimento ao centro tradicional; não conseguiu fazer nada em relação à possivel construção da piscina; não conseguiu resolver o problema do relvado nas Bernardas que está há meses sem ser utilizado. Foram muitas as coisas que não conseguiu. E o que conseguiu? Conseguiu, com muita pressão, resolver o problema deixado pelo ex-presidente do relvado do ACM; conseguiu manter as Festas da Cidade (apesar de ter contratado todos os serviços a uma empresa); conseguiu que o cinema esteja a funcionar (apesar de a preços mais elevados do que em Leiria); conseguiu fazer coincidir as celebrações do Dia da Criança com as Festas; conseguiu que este ano não houvesse marchas. Possivelmente terá conseguido mais coisas e deixado de conseguir outras, mas não queremos deixar a oportunidade de poderem contribuir com o que nos possa ter passado. Esta é a candidata que quer a maioria para que possa conseguir fazer obra uma vez que ficou evidenciada a incapacidade para negociar com a oposição.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 Comentário em “A Cidália”

  1. Avatar

    Está incompleto.
    Faltam os bustos dos bobis e dos tarecos.
    O Pedrosa, o Araújo e o Amândio, o trio maravilha.

  2. Avatar

    A Cidália encontrou a sua verdadeira vocação… o Curioso enquadrou-a bem: apenas estar neste pedestal! De resto, ponha-se na alheta…

Leave a Reply