Eleições

Nesta fase do ‘campeonato’ eleitoral, cada candidato começa a tentar mostrar que é o melhor. É normal. Muitos usam o seu passado para poderem mostrar o quanto podem valer, outros têm que se ficar pelas palavras. O povo diz que ‘palavras leva-as o vento’, mas é evidente que há uma preocupação em tentarem escolher as palavras. Não sendo fácil falar-se de improviso, a maior parte dos candidatos recorre aos textos. Aqui só falta mesmo o teleponto! Se em relação a alguns se nota a facilidade em falar de improviso, em que tudo o que dizem é dito de improviso, outros há que optam por ler o que levam de casa. Quando é a apresentações dos candidatos é, no entanto, o momento em que deveria mostrar o que são as ideias que, vindas do coração, têm para o concelho. E aqui surgem surpresas! Ontem foi noite de apresentações. Se num lado uma candidata fez um discurso, lido, que não se sabendo se foi ela quem o escreveu, mas que poderá dizer-se que não foi fastidioso, no outro o candidato limitou-se a ler um discurso vazio e igual ao que tinha já feito há umas semanas, que só não se pode dizer que foi plágio porque o discurso era seu! Ir ao púlpito fazer discurso não é fácil. Uns saem-se bem, outros mais valia não porem lá os pés!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

1 comentário

  1. Como apoiante da ex-coligacao AD segui atentamente aos últimos acontecimentos.
    Tentei entender que o primeiro discurso da apresentação, em abril, pudesse estar regado de insegurança e movido pelo nervosismo. Mas quando li este discurso do candidato verifiquei qual insegurança ou nervosismo, é mesmo falta de capacidade …. sem me prolongar nas palavras para nao ser insultuoso, porque estaria a insultar outros animais.E
    Se o CDS teve a inteligência de sair e de acordo com o seu comunicado “vazio e falta de ideias”, pergunto: sera que no PSD nao existe ninguem que coloque um ponto final neste degredo????

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário