Eleições

A campanha está em andamento e os candidatos acordaram para a vida. Quem visita o Facebook vê isso. Pessoas que nunca ou quase nunca escreviam ou partilhavam ideias ou o que quer que fosse estão agora activos. É como se acreditassem que convencem alguém que, de repente, passaram a estar preocupados com o que se passa na terra. Da esquerda à direita, passando pelos movimentos, parece que tudo acordou! São as eleições, mas o facto de serem candidatos e de agora escreverem, publicarem e, alguns até, mudarem o nome que usavam não faz com que passem a ser quem saiba governar a terra. São apenas candidatos que oportunisticamente usam as redes sociais para mostrarem que estão vivos. Nestas alturas o Facebook fica cheio de pessoas preocupadas, mas que durante anos nada disseram sobre o que pensavam ou sobre o que achavam estar mal. E quetem muitos deles governar o concelho! Quão bom seria que em vez de terem acordado apenas agora tivessem mostrado nestes anos que passaram que não andam apenas atrás do poder!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

8 Comentários

  1. Eu diria, mais vale tarde do que …nunca!
    É certo que deveria-mos ser sempre intervenientes. Mas não só os candidatos…penso que também o normal cidadão que durante quase quatro anos nada disse!

    • Caro Vilas. Poderá ser como diz, mas estes comportamentos fazem lembrar a expressão “só te lembras da virgem quando troveja”.

  2. É engraçado que a Alexandra quase ou nunca antes partilhou nada onde estivesse e agora está com todos e mais alguns em todos os lugares. O pessoal do +C a mesma coisa. São só os candidatos e não há mais gente a partilhar. Vão ver as páginas deles para confirmar.

  3. Acordaram das tumbas para o show off… só sonantes da praça a exibirem gravatas e colarinhos brancos. Ideias e acções, zero! Vive-se da imagem do estar, e não do ser. Só palhaços na meno/andro pausa!

  4. Então a Cidália também não faz outra vida! Ou alguns só veêm o agreiro nos olhos dos outros! E o Ricardo!? E o Aurélio!? Bem esse andou os 4 anos em campanha! Mas… expremido não deitou nada! Até a senhora do Bloco! Pois é! O que está comentado nã tem nada de novo!?

  5. E os pedidos de amizade virtuais que se pedem, unicamente com objetivos politico/eleitorais.
    Vão pescar gambuzinos para a mata!!!

  6. Ainda bem que existe Facebook para poder partilhar este tipo de situações porque se estivéssemos à espera dos meios de comunicação, nomeadamente, a imprensa e a rádio do nosso concelho estávamos no lodo. É engraçado que aquando da sessão pública do BE no centro histórico da cidade, não existiu nenhuma referência a esse evento. Por outro lado, houve uma sessão do mesmo género mas levada a cabo por malta do PCP e o Jornal da Marinha Grande não se contém, e como num gesto de honra decide fazer referência a esse evento. Mas isto é democracia? De facto os velhos hábitos estalinistas ainda estão bem presentes nos corredores do PC. Como disse antes, a K7 é sempre a mesma. Resta-os rezar que o PC não consiga a câmara ou vamos todos encarcerados ali para Manteigas que é o mais parecido que temos com a Sibéria. Continuação de bom dia. Bem hajam…

  7. Ainda bem que existe Facebook para poder partilhar este tipo de situações porque se estivéssemos à espera dos meios de comunicação, nomeadamente, a imprensa e a rádio do nosso concelho estávamos no lodo. É engraçado que aquando da sessão pública do BE no centro histórico da cidade, não existiu nenhuma referência a esse evento. Por outro lado, houve uma sessão do mesmo género mas levada a cabo por malta do PCP e o Jornal da Marinha Grande não se contém, e como num gesto de honra decide fazer referência a esse evento. Mas isto é democracia? De facto os velhos hábitos estalinistas ainda estão bem presentes nos corredores do PC. Como disse antes, a K7 é sempre a mesma. Resta-nos rezar que o PC não consiga a câmara ou vamos todos encarcerados ali para Manteigas que é o mais parecido que temos com a Sibéria. Continuação de bom dia. Bem hajam…

Comentários estão bloqueados.