+ Concelho

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Há dias foi publicado o que aparece na imagem. É o principio da campanha e, até aí, nada de mais! Lemos atentamente o que estava escrito e, tendo estado nós sempre mais ou menos atentos ao que se passou nestes quatro anos, surgiram dúvidas. Referem que “Criámos, liderámos e implementámos o PEM (Programa para a Eficiência Municipal); Criámos, liderámos e implementámos o PMS (Programa para a Modernização e Simplificação Municipal); Criámos e liderámos o PCI (Programa para a Competitividade e Inovação Municipal)”. Fomos reler as deliberações camarárias e algo não bate certo! Quando é que estes programas foram executados ou postos em prática? Referem também que, tomaram a decisão de votar “nunca nos abstendo nas decisões a tomar”. Fomos ver e em Junho e Novembro de 2015 abstiveram-se! Referem também que “Quando votámos contra, apresentámos soluções alternativas”. Também aí as actas não mentem e são vários os votos contra sem que tenha sido apresentada alternativa! Referem também que “Fomos motores da reconstrução de 20 casas de habitação social devolutas” e aqui ficámos sem perceber a que se referiam! A campanha está a começar e começam também as dúvidas.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

27 Comentários

  1. Que grande lata.
    Só aparecem para as eleições com afirmações que não colam com aquilo que fizeram (ou melhore, não fizeram).

  2. Mas o +Concelho julga que somos todos burros? Que mentirosos. Admira-me a Elvirinha pactuar com isto.

  3. Caro Curioso, diga lá em que propostas é que o +Concelho se absteve. Se for capaz dou-lhe um prémio.
    Transcreva para aqui essas votações e os assuntos. Assim é que é ser sério…
    Não basta espalhar boatos. É preciso apresentar factos.
    A dor de cotovelo dos que dizem que o +Concelho mente é por não terem nada para apresentar do que fizeram e que propostas suas foram aprovadas em reunião de Executivo..

    • Caro anónimo. Basta ir às deliberações e ler. Não escrevemos nada que não seja publico.

      • Comecei a ler as actas todas. A n.º 22 de Outubro de 2013 foi a primeira. Nessa e na seguinte, o REI das abstenções foi o Aurélio e sempre com declarações de voto que são risíveis.
        Um exemplo:
        – Encontrando-se concluído o Cubo de Vidro da Resinagem, a CMMG delibera montar uma exposição de arte.
        6 votos a favor 1 abstenção do Aurélio. Declaração de voto:- Abstive-me porque não participei nos actos de gestão do executivo anterior?????
        Outra:
        – Para a abertura oficial do Cubo de Vidro e da Exposição de Arte, a CMMG delibera contratar uma empresa de catering para proporcionar uma recepção condigna aos convidados.
        6 votos a favor e 1 abstenção do Aurélio;- Abstive-me porque porque não participei nos actos de gestão do anterior executivo????
        É só rir.
        O homem nem percebeu que não estava a aprovar a construção do tal Cubo. Só tinha que aprovar a exposição e um comes e bebes e isso era uma decisão dele e dos outros.
        Como esta há dezenas de abstenções com a mesma declaração de voto. A Ana ensinou-o mal e ele repete, como os papagaios, só aquilo que lhe ensinaram.
        Áh. Procurei e não encontrei nenhuma abstenção do Logrado.
        Pode indicar o n.º da acta e o ano?

      • Caro anónimo. Não escrevemos que tivesse sido uma abstenção do Logrado! Já indicámos os meses e ano.

  4. Oh Elvira, não te reconheço no meio dessa escória… Sai enquanto podes, pois as mentiras começam a contaminar o teu (já pouco) descernimento! É um logro apregoar tamanhos feitos por este movimento cívico tão conturbado. Puxar louros alheios fica-te mal.

    • E tu se nada de significativo tens a acrescentar limita-te ao pasto, seu quadrúpede.

    • Denegrir a imagem onde? Quando é que foi criado e implementado o PMS ou PCI?

      • Criado foi. Com muito trabalho e o envolvimento de muita gente,
        O problema é que o Vicente pensou que o Logrado estava a ter muito protagonismo, cortou-lhe as pernas e engavetou os programas.
        Se não sabe, informe-se.

    • Com Vicentes e C.ª NUNCA.
      Não sabem fazer, nem deixam fazer.
      Mudem lá os protagonistas com o voto e verão como é que se trabalha.

  5. Um anónimo desafiou o senhor Curioso a apresentar a transcrição da ata onde o +Concelho se absteve.

    Até agora não o fez porque não existem pontos em ata nenhuma desde 2013 em que isso esteja registado.

    Nos meses de junho (25) e novembro (12) o que está registado é o seguinte em relação à aprovação de atas “Esta deliberação foi tomada por maioria, com 6 votos a favor e 1 abstenção da Sr.ª Vereadora Maria João Gomes, por não ter estado presente na reunião” Será a estas abstenções a que se refere? Se não esteve presente é uma forma ética de votar.
    Mesmo num Blog que tem anónimos a comentar não vale tudo. Seja sério nos seus textos e não engane o povo.
    SE quer ver abstenções, veja a ata de 26/11/2015 e conte-as e até pode transcrever as declarações de voto, são todas iguais. E aí assim, era um ato de cidadania fazer a sua divulgação.
    Não vale a pena comentar anónimos que referem escritos meus. Não me escondo atrás de anonimatos.

    • Cara Elvira Ferreira. Não nos parece que tenhamos que estar a transcrever o que é público ou fazer transcrição de actas que são também elas públicas. O simples facto de alguém poder ter sentido necessidade de ir consultar as actas parece-nos mais relevante, em termos de cidadania, do que estarmos a transcrever para aqui o que pode ser lido. Quem sabe até possam tenha ganho o gosto de as ler com frequência! Mas, indo à questão, foram abstenções ou lemos mal? Bem sabemos que foi no tempo que vereador eleito estava fora, mas não deixam de ser abstenções! Escrevemos alguma coisa que fosse mentira?

      • Pois. Na verdade são abstenções, mas se aquilo que se vota foi discutido numa reunião onde a vereadora não participou, o voto de abstenção não só se justifica, como a obriga.
        Respondendo à sua pergunta final. Não escreveu uma mentira, manipulou e omitiu a verdade.

      • Caro A. Constâncio. Não omitimos nada! Não nos pronunciámos sobre o mérito da votação. Refere que manipulámos a verdade, mas o que nos acusa não é o mesmo que aparece escrito no que foi divulgado? Foi referido que não houve abstenção, e houve; refere que manipulámos a verdade quando apenas referimos que houve abstenções sem que tivessemos escrito mais do que isso! Se o que foi divulgado tivesse escrito tudo tal como aconteceu, não teríamos nada a dizer. Também não nos parece que tenhamos manipulado a verdade quando fizémos referência aos programas que não conseguimos encontrar.

  6. Quando é que foram implementadas todas as medidas que o +Concelho anuncia? É que não dei por nada. Poderá a Elvira dizer, em concreto, já que é tão objectiva e defensora da verdade, a data concreta em que todas as medidas anunciadas na propaganda do + Concelho entraram em vigor ou melhor, quando foram levadas a deliberação de Câmara? Agradecia, faz favor Elvira.

  7. As propostas levadas a deliberação de Câmara e aprovadas por unanimidade estão nas atas. é preciso consultá-las. Estão lá todas, desde a 1.ª reunião em 2013. O mérito do +Concelho é que apresentou propostas ao contrário de outros que sempre disseram mal e nada apresentaram. Algumas delas aprovadas por unanimidade que o Executivo permanente com 2 vereadores mete na gaveta. Entraram em vigor a possibilidade de os munícipes poderem assistir e participar nas reuniões de Câmara, a compra de senhas mensais para os alunos do pré-escolar e 1.º ciclo por multibanco, motores da reconstrução das 20 casas de habitação, Criámos e liderámos o PEM, PMS, PCI enquanto o PS não se negou no acordo que fez com o +Concelho, proposta de deliberação sobre o Posto Médico de Vieira de Leiria aprovada por unanimidade … E tanta coisa mais.Acha pouco caro anónimo? É muito bom ser anónimo e fazer julgamentos de coisas que não sabe. Gosto de esclarecer gente que não se esconde!

    • Onde está esse PMS e PCI? Já li as atas e não encontro nada. Em que atas é que isso está? E que casas são essas que diz que foram motores? Em que ata isso está?
      Se queria que o Curioso lhe dissesse onde estavam as abstenções, eu pergunto onde está tudo isso que escreveu.
      E explique uma coisa. Escreveu no jornal que o estudo para o aeroporto era ilegal mas o vereador Carlos Logrado concordou com ele. O seu vereador aceitou um estudo ilegal?
      Não diga que não se esconde porque é fácil perceber que faz comentários anónimos, assim como eu faço.

      • A posição do Logrado e o artigo da Elvira sobre o estudo do aeroporto também é boa.
        Cada qual para seu lado. Como é possível algum dia fazerem parte da mesma equipa?

    • Também é mérito do +C a Elvira votar contra um orçamento em que o Logrado votou a favor.
      Que raio de liberdade … desalinhada.

    • Se conseguirem eleger um vereador, quando for o Logrado às reuniões decide uma coisa, quando for a Elvira decide outra. Clarinho como água.

  8. Eles fizeram tanto, que a CMMG sou mexeu alguma devido ao + Concelho….Estas pessoas são fantásticas….

  9. Até parece que não existe direito à abstenção. Que coisa mais hipócrita, discutir e colocar em causa a legitimidade politica de quem se abstém.
    É isso que têm para oferecer?

    • O direito à abstenção existe e serve para isso mesmo…abster-se! No entanto permita-me que lhe diga que se abstém é porque não tem.. opinião. Qualquer coisa lhe serve…não é carne nem é peixe!

      Não sou adepto desta forma de votar… a menos que haja um motivo muito forte!

  10. Este papel representa uma falta de respeito para com todos os outros eleitos.
    É vergonhoso e mostra bem a postura do Logrado. Pior ainda é que não conseguiram implementar nada. O eleitoralismo no seu melhor (ou pior).

Comentários estão bloqueados.