CDS

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Estamos habituados a que os que estão na vida pública não se sintam ofendidos com as imagens que vão sendo manipuladas e menos ainda que se sintam incomodados que sejam usadas as fotos não manipuladas que são encontradas na internet. Quem hoje lê o jornal fica com uma imagem não manipulada de um candidato à câmara. Pelo que há pouco lemos, o candidato reconhece que “ao publicarmos conteúdo pessoal na WEB deixa de ser pessoal e passa a público desde que não adulterada, mas que me seja permitido dizer que no mínimo é deselegante”. Por causa disso apagou tudo! É, no mínimo, um mau começo para quem quer estar na vida pública e assumir funções políticas. Naturalmente que as fotos são de cada um e todos os candidatos têm o direito de não gostarem que elas sejam usadas, mas chegar ao ponto de as apagar de uma rede social como se elas fossem apagadas da internet é estranho! Fomos, por isso, à ‘memória’ da internet ver o que ela nos mostrava e lá estava uma que não foi apagada! No que nos diz respeito, percebemos o recado e de futuro não faremos ‘bonecos’ com o candidato (algum outro encontraremos para o substituir) e, para evitar sermos “deselegantes”, ofuscámos a imagem que a memória da Google nos deu e que ali deverá permanecer por muitos anos. E por falar em deselegante… não é suposto que um comunicado de um partido seja dirigido primeiro aos militantes, depois aos simpatizantes e só no fim aos colegas? Não é por nada, mas a comunicação que se pode ler na mesma rede social, dirigida primeiro aos colegas, depois aos simpatizantes e só no fim aos militantes, soa a, imagine-se, “deselegante”!

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook