Constâncio

É inegável que a surpresa de ontem foi o regresso à vida politica activa do ex-vereador Constâncio. Goste-se ou não, ninguém fica indiferente ao que foi e ao que é. Já por aí andam comentários sobre a oportunidade e inconvenientes da escolha e, acima de tudo, o que terá levado a que tenha querido regressar. O que ontem disse não foi o suficiente para que se perceba a razão. Dono de alguns ‘segredos’ bem guardados, a campanha poderá ser o palco para que alguns possam ser divulgados e, quiçá, de trazer alguma surpresa para alguns dos que o hostilizaram na fase final da sua intervenção politica. Num meio político relativamente pequeno como é o caso do concelho, o regresso de um ‘dinossauro’ da política irá provavelmente fazer correr alguma tinta. Não tendo ainda merecido a atribuição de estátua, a forma como ontem foi apresentado é quase a isso equivalente. “O melhor autarca de todos os tempos” foi como foi apresentado e isso leva a que fique uma dúvida grande no ar. Sabe-se que o Logrado andou a bater a várias portas, oferecendo mesmo o lugar de cabeça-de-lista. Porque não foi então escolhido “o melhor autarca de todos os tempos” para esse lugar? Apenas se pode presumir o motivo e esse deverá ser apresentado como indisponibilidade do mesmo para tal lugar, mas será só esse o motivo para aparecer agora e sem ser em lugar elegível? Sem que haja sondagens actuais conhecidas, não é crível que o resultado que possa sair das eleições vá ser muito diferente do que foi há quatro anos, o que leva a que se possa concluir que, à partida, a sua eleição não está garantida (ou mesmo equacionada). Ele, melhor do que ninguém, sabe o que pode esperar dos resultados eleitorais e isso leva a que se tenha que concluir que o seu regresso à vida politica activa não venha sem algo agregado! Sabe-se que os números três das listas são de eleição quase impossível daí que, não sendo, como acreditamos que o próprio reconhece, uma figura consensual e sem que se possa dizer que não leve atrás de si alguns ‘ódios’ de estimação, a conclusão a que se chega, quanto ao seu regresso, é a de que vem para ‘fazer sangue’, ou melhor, para ajustar algumas contas com o passado.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 comentários

  1. Parece-me é que vai, para bem da Marinha Grande, ser mesmo eleito, mesmo estando em terceiro da lista!´
    Vendo bem, seria bom para o concelho!

  2. A lista de candidatos do +Concelho é uma lista forte se comparada com outras. Se conseguir penetrar no núcleo de abstencionistas, parece-me que tem grandes hipóteses de ganhar as eleições

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário