O apoio

Categoria APAMG, PSD by Curioso16 Comentários


Há um par de horas o Galo escreveu que “A APAMG apoia a minha candidatura a Presidente da Câmara da Marinha Grande pela Coligação politica AD“. Ficou esclarecido assim o que há uns tempos havíamos escrito. Naturalmente que não acreditamos que um candidato à câmara tivesse a leviandade de escrever tal afirmação sem quer o apoio expresso daquela associação, daí que estamos ansiosos para ler em que termos foi dado esse apoio. Já se percebeu que o Galo vai centrar a sua candidatura na defesa dos animais, mas temos alguma curiosidade em ver como vai descalçar a bota quando a associação, que ele diz que o apoia, começar a perder as preciosas ajudas de muitos que, não sendo AD, não irão gostar de a ver associada a partidos ou coligações.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    A APAMG não deveria ter cor política, deveria apoiar projectos sérios mas nunca candidatos, muito menos sem muito provavelmente ouvir todos os candidatos e todos os planos.. à AD fica muito mal mesmo usar isto… Enfim uma tristeza
    Quero ver como será depois de outubro…

  2. Avatar

    Já estou arrependida de ter comprado o que comprei nas festas da cidade. Se são PSDs, eles que ajudem. Vergonhoso.

  3. Carlos Romeira

    É certo que a retórica política não permite comentários genuínos. E mais uma vez este texto alerta para uma pertinência a ter em conta.

    O programa eleitoral de Ricardo Galo contemplará de forma explícita a defesa dos amimais, portanto não é de estranhar que a APAMG manifeste de forma simpática o seu apoio a este tipo de empenho político/ideológico.

    Não o manifestou a mais ninguém? É normal que não o faça, caso mais nenhum candidato se interesse pelos animais. O que do ponto de vista da lógica de Maquiavel não espanta, pois os animais não votam!

    Mas esta é a parte boa… agora a parte menos boa, e que me tira do sério…

    Em que país, supostamente LIVRE e DEMOCRÁTICO estamos para que se tenha medo que uma Associação, que é constituída por pessoas, que tem expectativas, dificuldades e é LIVRE de tomar opões, deve ter MEDO de manifestar agrado e apoio ao único político que teve a coragem de se assumir de forma desinteressada e GENUÍNA pela sua missão?!!!

    ESCANDALOSO será se a APAMG sofrer algum tipo de retaliação! Ainda por cima porque, caso lhe sejam cortados apoios, esses serão supostamente públicos, emanados dos nossos impostos, e ninguém tem legitimidade de usar os dinheiros públicos para vingar os seus ódios politico/partidários.

    Este caso não me pareceu uma “partidarização” da APAMG. Longe disso. Mas o que há mais por aí são partidarizações camufladas e ninguém as denúncia! Por exemplo, a semana passada, a NERLEI foi convidada para tomar parte de um debate sobre o Aeroporto em Monte Real. Foi-me comunicado que não o poderiam fazer parte de actividades públicas sobre esta temática porque estavam a meio de um processo que não lhes permitia tais veleidades. Compreendi… mas apenas compreendi até que 4 Presidentes de Câmara da região marcaram “à pressa” uma conferência de imprensa sobre o assunto (todos do PS, incluindo o da Marinha Grande, que chegou atrasado) e… espante-se… uma representação do NERLEI!… Se isto não foi partidarização de uma instituição, então peço desculpa. Foi apenas uma coincidência!

    1. Curioso Author

      Caro Carlos Romeira. Apenas achámos interessante a afirmação porque há umas semanas, quando o assunto foi aqui abordado, houve quem dissesse que estávamos a fazer uma interpretação errada do que foi escrito à data pela APAMG. Parece-nos que no momento em que uma instituição, seja ela qual for, se declara ou declaram que ela apoia um partido e que quer que ele ganhe as eleições passa a ser inegável que há partidarização. Se fosse dito que a associação em causa concordava com o projecto (que desconhecemos qual seja) para resolver o problema dos cães vadios ou para que o comboio da linha do oeste passe a ser eléctrico, aí estaríamos a falar de algo diferente. Seria a defesa de um projecto ou de uma ideia que estará sempre acima de querelas partidárias. Neste caso, o que foi afirmado vai muito além da mera concordância com o que seja o projecto que o Galo tem.
      No que diz respeito a sofrer retaliação, é provável que isso não aconteça, mas por certo que se a associação concorda com um projecto que permitirá retirar os cães vadios das matas e não o executa ou propõe a sua execução, aí passará a estar a defender uma candidatura que supostamente tem uma solução para o problema grave que o concelho tem. No momento em que a associação concorda, como é escrito, com uma solução e a não a dá a conhecer, partidarizou-se.

      1. Carlos Romeira

        Caro “Curioso”, não me assunta a partidarização das Associações, embora não a deseje. Assusta-me mais a sua “eleitoralização”. A política, mesmo que partidária, tem sempre uma razão ideológica ou pragmática por trás dos posicionamentos. Por outro lado, as posições em tempos de eleições, são na maioria das vezes irracionais e apenas obedecem às “claques” partidárias! (não me refiro ao seu texto, nem ao contexto em que o inseriu, obviamente).

  4. Carlos Romeira

    Para além disso, Ricardo Galo não é candidato do PSD. É candidato da AD – Aliança Democrática na Marinha Grande, constituída também pelo CDS e pelo MPT. Este último, do qual sou dirigente nacional, tem como uma das suas mais vincadas bandeiras, a defesa do meio-ambiente e do humanismo. A defesa dos animais tem estas duas abordagens. Uma humanista, outra ambiental.

  5. Avatar

    As bestas candidatam-se e os animais é que sofrem. Sem desmentido público nem mais uma grama de ração.

  6. Avatar

    meus caros;
    Decerto que vai descalçar muito bem a “bota”, pois já agora o que tem feito o atual executivo, nada tem feito para que os nossos animais abandonados lhes sejam dado um novo abrigo, mas sim abate-os. Afinal é este o apoio que dá a APAMG?
    Meus senhores senhores pois a AD vai sim dar um passo para que isso acabe e de certo as “bestas não vão pagar nada. Mas quem não sabe tomar as devidas precauções para que os animais sejam mal tratados e abatidos esse sim vão pagar.

  7. Avatar

    Pois assim se vê que se só se preocupam com os pobres de 4 em 4 anos ao resto do tempo abandonam-os . tenham dó santo Deus.

  8. Avatar

    Este Galo começou bem ao entalar uma associação. Também parece que quem nela manda a queira ver entalada.
    Uma coisa é o direito dos seus dirigentes terem as suas opções políticas. Outra é envolverem a associação no apoio a uma força política. Enfim …

  9. Avatar

    Eu gostava de vê era aqui publicado, o que é que a câmara e os consecutivos executivos não tem feito pelas associações animais da marinha grande, que prestam serviço público e fazem o trabalho que a câmara devia fazer.
    Isso é que era de valor

    1. Curioso Author

      Caro Anónimo. De acordo com o que consta nas deliberações camarárias, foi decidido entregar 500,00 euros em 15.12.2016.

      1. Avatar

        Pelo que consta sim, As os números da apamg foram tornados públicos a uns tempos nas publicações deles.
        Se bem me lembro 18 toneladas de ração de cão 5 toneladas em ração de gato 5 mil euros de despesas diversas 20 mil euros em despesas veterinárias Os 500 euros são uma gota no oceano no meu ver.

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address