Xiu

Categoria CMMG, Vicente by Curioso14 Comentários



Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Manuel Santos

    Resta saber os contornos do que se passou e que levou a que o presidente tivesse essa atitude.

    1. Curioso Author

      Caro Manuel Santos. A munícipe disse “que entende que não é justo a Câmara estar a pedir-lhe o pagamento da ligação à rede de saneamento estando ela a morar na habitação apenas há 3 meses, quando o
      anterior proprietário nunca o fez”. O Vicente respondeu que “a Sr.ª fez um contrato de água, saneamento e resíduos sólidos. Foi-lhe cobrado o saneamento, reclamou, e como não tinha foi ressarcida do valor ou então foi-lhe abatido na fatura seguinte. Como a zona é servida por rede de saneamento, os proprietários vão sendo notificados para ligarem o saneamento”. “A munícipe protestou e perguntou porque é que em mais de 30 anos o anterior proprietário não ligou”. “O Sr. Presidente informou a munícipe para não entrar em diálogo e mandou-a calar. A munícipe continuou a reclamar, visivelmente transtornada, e abandonou a sala”.

  2. Manuel Santos

    Fantástico serviço que o Sr Presidente prestou à nossa cidade, pois assim conseguiu descredibilizar ainda mais o Partido Socialista. O que a Marinha precisa é de muitos tiros no pé como este.

  3. Avatar

    Nas reuniões existem momentos em que o público pode intervir. O público não pode interromper os trabalhos, se não passa a ser um dialogo com o povo e não uma reunião de trabalho.

    1. Curioso Author

      Caro anónimo. Tem razão no que diz. Onde já se viu os que mandam terem diálogo com o povo!

      1. Avatar

        A questão não é ter diálogo, existe tempo para tudo. As reuniões não podem ser um circo. Onde falam todos ao mesmo tempo e quando lhes apetece

        1. Curioso Author

          Caro anónimo. As reuniões não podem ser uma circo? Não tem assistido a elas, por certo! Os eleitos estão lá porque os eleitores, os munícipes lhes delegaram funções. Mandar calar um munícipe é, parece-nos, falta de respeito por quem os elege.

      2. Avatar

        Mandar calar é falta de respeito e se o munícipe falar quando não é a altura adequada é o q?

        1. Curioso Author

          Caro anónimo. Por falarem quando não era a altura adequada muitos conterrâneos foram presos no tempo da ‘outra senhora’. À data chamava-se lutar por direitos. Diga o caro anónimo o que hoje se deve chamar.

      3. Avatar

        Você é burro ou então não quer compreender. Nas reuniões de câmara existem alturas para as intervenções dos munícipes, não se pode interromper a toda a hora para ouvir os “bitaites” da assistência, as reuniões de câmara devem ser levadas a sério, aquilo não é o café onde todos falam ao mesmo tempo.

        1. Curioso Author

          Caro anónimo. Nenhum de nós deve ser seu familiar pelo que a questão da comparação que faz é desprovida de sentido. Teria razão no que diz se os munícipes quando colocam as questões nas reuniões recebessem respostas a todas as questões que lhe são colocadas. Citando os vereadores “as pessoas vêm nervosas, e por isso tem que se usar um pouco mais de diplomacia e ser tolerante” e “Diplomacia precisa-se. A participação mais ativa dos munícipes tornou as reuniões diferentes, para melhor” porque “apesar de às vezes poderem não ter razão, a Câmara deverá ter uma atitude didática”. Provavelmente estes vereadores serão também burros!

  4. Ernesto Silva

    A reunião é considerada trabalho por favor não me faça rir, porque as mentiras são tantas que continuamos a aguardar pelas respostas. Na próxima reunião dia 18 lá estarei para uma sessão de trabalho querendo ouvir o que tem o presidente a responder a promessas passadas a acta no ano de 2014. Penso que os projectos estão no choco há 3 anos precisamente ou sai pintaínho ou estão chocos os ovos. 3 anos é uma eternidade em termos de promessas por cumprir. Eu depois informarei esta assembleia da resposta.

  5. Ernesto Silva

    Para o anónimo de hoje das 10H14 quem assiste às reuniões sabemos que dispomos antes da ordem do dia de 5 minutos e somos obrigados a inscrever-nos na câmara com antecedência de pelo menos 24 horas mas já chegou a 48 Horas sendo obrigatório discriminar os temas que quer colocar. Por mais experiente que uma pessoa seja levando tudo escrito não consegue em tempo útil fazê-lo. E já tivemos o anterior presidente A.P. como dono do relógio e muitas vezes nem chegávamos a utilizar os 5 minutos. Aliás chegou igualmente a fazê-lo aos vereadores da oposição lembrando que o seu tempo terminou. O que não era verdade. É uma falta de respeito não atender quem quer contribuir com uma simples opinião, um simples queixume de que na sua rua não existe por exemplo saneamento ou que a água vem muito castanha, ou que na sua rua existem moradias novas e que a câmara paga a vinda da carreta limpar de 2 em 2 semanas a fossa. Leu bem. Quero dizer-lhe igualmente que não aceitavam marcações pelo telefone. Acabei de ligar para 0 244573300 que tem um atendedor automático para encaminhar as nossas chamadas. Infelizmente dão-nos 7 hipóteses e mais uma que é o ZERO para falar com a operadora do telefone. Porque se esqueceram com assessores e chefes de gabinete que a apresentação da Câmara começa no atendimento. O atendimento não está previsto nesta escala de ligações internas. Veja lá a consideração pelos pagantes de impostos. Assim terei que passar pessoalmente por aqueles serviços porque a pessoa não atende após ligação da operadora. E ligamos, ligamos pagando, cantando e rindo. Mas para terminar e assisti durante 1 ano às reuniões de câmara para ver como reagiam todos os intervenientes e nunca ouvi mandarem bitates fora do seu tempo 5 mi nutos para expôr o que o leva ali. Acha que 5 minutos são suficientes? Quantas vezes quem responde não sabe o que está a dizer e fala-nos em alhos em vez de bugalhos e nós não podemos corrigir. Acha bem não termos direito pelo menos a uma réplica nestes casos em que eles mandantes se fazem despercebidos ou não querem responder ou não sabem o que dizer porque são mentirosos. Pelo menos 5 + 3 minutos porque infelizmente aqueles que se inscrevem são poucos e aqueles que ali vão merecem ser escutados. É assim que funciona a democracia.

  6. Ernesto Silva

    Soube agora que a reunião quinzenal que estava marcada para o dia 18 foi adiada para o dia 22 de Maio. Fui ao sítio da Câmara e não vi ali qualquer informação a esta alteração. Deve ser publicada no órgão oficioso da câmara o facebook do assessor contratado para porta voz de imprensa. É assessor, porta voz ou chamado 2 em 1. Depois são apenas 5 minutos caro leitor das 10H14 sem bitates porque os eleitores são mais educados do que os eleitos.
    Pelo direito a uma correcção de + 3 minutos pelas razões apontadas anteriormente.

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address