Sem decisões

CuriosoPS, Santos3 Comentários


Desde há algum tempo que se sabe qual a intenção de alguns elementos da Distrital do PS no que diz respeito à possivel integração do Santos na lista do PS. O que estava mais ou menos encapuçado, hoje ficou escarrapachado. Sabe-se que o Santos tem andado a sondar amigos e conhecidos para a eventualidade de um cenário como esse se colocar, o que tem sido entendido por muitos como um anúncio de que se confirma essa sua participação na lista. Pelo que temos ouvido, a questão que o vereador tem colocado tem sido mais ou menos no sentido de sondar a receptividade para, caso o cenário se confirme, poder já ir preparando os seus apoiantes para uma mudança. Sabe-se, no entanto, que nada foi decidido ainda e que tem havido algumas vozes que têm feito algum contra-vapor, que aliás hoje ficaram claras, a que isso se possa concretizar! Curiosamente, de algumas pessoas com quem temos tido contacto, confessos apoiantes do vereador, a recepção tem sido, estranhamente, de receptividade. Muitos são os que admitem a possibilidade de fazerem como há anos foi pedido que os militantes do PCP fizessem quando o Soares foi candidato. Uma coisa será certa, avance ou não, depois de hoje o assunto ter sido tornado público vão ser necessárias explicações caso se confirme ou não a sua integração em lista do PS.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 Comentário em “Sem decisões”

  1. Manuel Santos

    Até parece que a mudança do Santos para o PS é algo inédito na nossa autarquia. Sabemos bem que a falta de coluna vertebral nos vereadores eleitos não é própriamente novidade.

  2. Avatar

    Embora ate agora estranhamente não tenha havido nenhum desmentido desta noticia por parte do Santos , se tal vier mesmo a se comprovar, estou ansioso de ver qual a posição do curioso que nos últimos anos sempre o tratou como “o coitado injustiçado por uns senhores “maus” dum partido que, por algum motivo, hà muito que deixaram de compreender os seus actos”. Vai ser giro de ver.

    1. Curioso

      Caro anónimo. Se tal se vier a comprovar, cá estaremos para escrever o que pensamos. Para já, depois do que aconteceu nos últimos dois mandatos, acreditamos existir maior afinidade entre o que o vereador pensa e o PS do que com o PSD. Muito provavelmente o cenário que foi relatado e, como refere, não foi desmentido seja o fruto da forma como a relação entre o vereador e os “maus” (palavras suas) se desenvolveu ao longo dos anos. Mas, se tal se vier a confirmar, não deixaremos de dizer o que pensamos. Para já nada é concreto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address