JFM

Todas as instituições que possam ajudar aqueles que mais necessitam são bem vindas e, infelizmente, necessárias. Muitos são os que dão o seu tempo para essas instituições e, à medida que os anos passam, parece que cada vez mais o Estado se mostra incapaz de dar resposta ao que são as necessidades dos que aqui vivem. Na Moita há uma instituição que tem vindo a fazer esse papel e, ao que se sabe, de forma aceitável. Até aqui nada de novo. Hoje fomos alertados para o facto de a Junta ter decidido atribuir uma verba maior do que a que nos anos anteriores tem sido entregue. Como não há actas disponíveis, não é possivel confirmar-se tal decisão, mas, a ser verdade (e tudo indica que o é), fica uma dúvida grande no ar! Estamos em final de mandato e tudo indica que o Álvaro não irá ser reconduzido pelo partido e, ainda que o seja, não parecem ser grandes as possibilidades de renovar a eleição face ao que tem sido a falta de obra que se tem notado. Perante esta evidência, sendo o Presidente da Junta o mesmo que é Presidente da associação, não haverá uma ligação que soa a estranha, ainda mais quando há este ano uma dotação de verbas superior à que normalmente é fixada? Quando esta informação nos foi dada lembrámos daqueles que, estando no Governo, preparam a sua saída para ficarem com ocupação na vida civil! Pode ser uma sensação errada, mas soa sempre mal quando uma instituição recebe dinheiros públicos e quem a dirige ocupa cargos em órgãos do Estado ou autárquicos. Curiosamente, não há qualquer indício que os elementos da oposição nesta Junta (como aliás das outras) ainda respiram. Passaram quatro anos e não houve uma informação, um comunicado ou um sinal de que discordam do que se tem feito ou não se tem feito. Passaram quatro anos e não se sabe sequer se houve oposição! Como irá ser quando agora se apresentarem ao eleitorado? Que justificação vão dar?


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

5 comentários

  1. Se for ler as actas saberá que não é verdade.
    O Jorge Marques tem tido um papel importante. Estuda, questiona e tb escreveu acerca de muitas coisas que são incompreensiveis. Este executivo tem tratado tão mal a Moita que até os deles se sentem revoltados.
    Para a São Silvestre a sra. vereadora da área e candidata propôs umas migalhas. Uma grande vergonha.

    • Caro anónimo. Leríamos se estivessem disponíveis. Também já questionámos como poderíamos consulta-las, mas nem resposta houve.

      • Não é possível consultar porque na Moita impera um autentico blackout informativo. A Junta possui dois sites ativos, em que está a pagar a sua manutenção, onde não existe pouca ou nenhuma informação sobre as atividades da freguesia e dos seus orgãos. Isto é Ridículo!!!

  2. Em relação à São Silvestre existe uma enorme promiscuidade entre a Junta e o São Silvestre, em que essa ultima é gerida por um grupo fechado de pessoas que não deixam ninguém, sobretudo os jovens, de participar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário