BEEleições

«Iremos fazer a diferença. É tempo de construir novas soluções e dar lugar à democracia e à participação cidadã. É preciso ouvir os marinhenses e trabalhar para responder às suas necessidades. (…) A Marinha Grande só será efetivamente grande quando as pessoas estiverem em primeiro lugar. Já fomos as mãos vidreiras que mostraram ao país e ao mundo a nossa arte, já fomos e somos as mãos dos moldes, mas está na altura de sermos as mãos unidas em torno da mudança da Marinha. Queremos um novo sopro, um sopro de futuro.»


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook