Trabalhos suspensos

Categoria CMMG, Vieira by Curioso3 Comentários


Quando se pensa nas obras que a câmara põe em execução parte-se sempre do princípio que tudo está feito e que há apenas que esperar que os contratados cumpram os prazos. Há aquelas obras em que os prazos são essenciais e em relação ás quais não pode haver descuidos. As obras que estão em curso na Estrada da Vieira são um dos exemplos. É essencial que as obras sejam feitas a tempo e sem atrasos para que a época balnear não sofra com a existência de uma estrada intransitável. Quando lemos que “a obra foi adjudicada por 793.042, 63 euros, acrescidos de IVA, e um prazo de execução de 180 dias, contemplando o alargamento da plataforma para dar continuidade à ciclovia já existente e a reformulação das redes de infraestruturas subterrâneas” pensamos que está tudo em condições de poder avançar em ritmo acelerado. Não é assim! Na última reunião constatou-se que afinal a obra tinha que ser suspensa porque não estava tudo tratado para que as condutas de água pudessem ser colocadas. Esqueceram-se que as ‘servidões de passagem’ não tinham autorização concedida! Resultado: obra suspensa (ainda que não na sua totalidade). Faz lembrar um pouco os que querem começar a construir a casa pelo telhado! A inépcia da câmara está mais uma vez à vista de todos. S. Pedro teve (e ainda tem) a marginal meio tapada por causa de uma obra, de um deputado municipal, que foi embargada e que causou um péssimo impacto a quem visitou aquela praia em pleno verão. A Praia da Vieira corre o risco de não ter a estrada concluída a tempo por incapacidade da câmara de fazer o que devia no momento certo. Claro que acreditamos que, custe o que custar, o Vicente irá fazer tudo para que a sua freguesia e aquela que dá normalmente a vitória ao seu partido não o penalize nas eleições, mas, consiga ou não concluir a obra a tempo de não afectar a época balnear, a incapacidade de fazer algo bem feito à primeira fica mais uma vez à vista de todos. Uma coisa é certa, para já os trabalhos estão suspensos por culpa que não pode depois ser atribuída aos empreiteiros.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    O macaco não percebe nada de politica.
    Não percebeu que é para ser inaugurada uma semana antes das eleições?

    1. Curioso Author

      Caro anónimo. Nessa perspectiva, tem razão, não percebemos nada de política.

      1. Avatar

        A politica é uma…batata!

        Na Marinha tudo é …politica!
        Arranjar uma estrada, fazer um mercado, abrir uma vala…ou as festa da cidade(?)… tudo transpira politica. Tudo cheira a politica.

        A população que se…dane! Que mude de concelho.

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address