‘Escravatura’ infantil

Categoria Escola by Curioso2 Comentários


São cada vez mais os relatos que vamos recebendo de crianças que estão a ficar sujeitas quase à ‘escravatura’ dos trabalhos de casa. Em causa está a sobrecarga de trabalhos de casa que estão a ser dados às crianças, em especial às que frequentam a Nery Capucho, que não lhes permitem ter tempo de serem crianças e de fazerem aquilo que qualquer criança deve fazer: brincar. São também alguns os relatos de crianças a quem os professores não ensinam, limitando-se a debitar matéria sem que tenham a preocupação de explicar ou de fazer aquilo para o qual são pagos: ensinar. Mas o problema vai além disso. Temos recebido relatos de crianças que são adjectivadas apenas porque não levam os trabalhos de casa correctos ou porque não sabem uma ou outra resposta. Fomos tentar saber o que acontece nas outras escolas e o que conseguimos apurar é que o tratamento que é dado às crianças e ao ensino é diametralmente oposto. Se naquela escola parece que o objectivo é cumprir objectivos, passe a repetição, nas outras apenas se avança na matéria quando as crianças aprenderam. E o pior de tudo é que os pais que nos deram a conhecer estes factos dizem que nada fazem com receio que os seus filhos possam ser alvo de represálias nas notas ou na forma como são tratados. Esse é também um dos motivos de não fazerem reclamação, nem mesmo junto das organizações a isso dedicadas, ou pedirem avaliações pedagógicas dos professores. Para muitas crianças a escola é um sacrifício que se estende muito para além da hora que saem do recinto escolar. Critica-se, e bem, o trabalho infantil, mas não será esta forma de ‘ensinar’ tão ou mais criticável do que o trabalho infantil? A escola deveria ser um local onde se ensina e não um onde se escravizam crianças apenas porque ensinar sem obrigar as crianças a terem que passar o resto do dia agarrados aos cadernos parece dar trabalho.

A imagem foi tirada da internet e não tem qualquer relação com qualquer criança aqui relatada


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    Eu sou testemunha que não é só nessa escola que isso acontece. o meu filho anda no 1.º ciclo e é a mesma coisa. Ainda esta semana fui eu e o pai que tivemos de fazer os TPC porque ele não conseguia fazer. Mesmo assim acabámos já eram 22.15. TERROR… Também eu tenho medo de reclamar com medo das represálias.. Vivemos num país do MEDO…

    É muito preocupante!

  2. Avatar

    Não reclamar situações destas é pior. Quando sabemos reclamar, se o fizermos com firmeza e inteligencia, esses professores pensam duas vezes. Os pais de cada escola, mais ou menos conhecem-se, porque não juntarem-se e fazerem reclamação conjunta por escrito. Tem outro impacto e a direção da escola sente-se obrigada a fazer alguma coisa. Há uns anos um dos meus filhos, junto com os companheiros, expulsaram um professor que, segundo eles, era meio apanhado da tola e ensinar não era com ele.
    Não se esqueçam que ao reclamarmos com inteligencia e pelos meios legais, passamos a ser mais respeitados.

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address