Pré-campanha em revista

CuriosoJFMG3 Comentários


Se dúvidas houvesse de que estamos em ano de eleições, a Junta da Marinha dissipou-as. Lançou uma revista que, no seu primeiro número, mais não é do que um panfleto de pré-campanha. A revista poderá ser lida aqui. Na últimas eleições foi a câmara quem, perto do início da campanha, decidiu fazer um ‘balanço’ sob a forma de revista que mais não foi do que o elencar do que fizeram. A Junta optou por fazer o mesmo. Temos sempre algumas dúvidas na bondade destas publicações que visam apenas glorificar o trabalho que é feito, cuja utilidade para os munícipes é discutível. Que nos interessa saber o que a Junta fez? Interessa saber o que vai fazer e onde vai intervir. Gastar dinheiro dos contribuintes, ainda que possa não ser muito, para fazer um balanço que pouca utilidade traz para os munícipes, mas traz muita para os eleitos, parece-nos sempre estranho. Achámos quando a câmara o fez e achamos quando a junta o faz.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 Comentário em “Pré-campanha em revista”

  1. Avatar

    Muito mau para ser verdade.
    Nunca deram contas do que estavam a fazer e agora aparecem com uma revista para fazer propaganda com dinheiro publico.
    Nem as sabem fazer …. é muito descarado.

  2. Curioso

    A publicação on line efectuada para JFMG não permite que seja descarregada daí que tenhamos permitido que isso aconteça aqui, com acesso ao nosso servidor e não ao ISSUU onde está a publicação original.

  3. Ernesto Silva

    Tudo como dantes muito embora não vivamos em Abrantes… Na era do digital não é aceitável darem esta imagem apenas nas vésperas das eleições. Este pequeno balanço poderia e deveria ser anual e emitido pela internet e se algumas das pessoas que habitam nos lugares mais longínquos e não tem acesso a este tipo de ferramenta poderiam imprimir umas folhas A4 e distribuí-las. A informação existe mas não é dada a conhecer aos cidadãos pagantes. Falta de transparência para as 2 entidades. Temos direito ao menos à informação. A propósito de uma pequena notícia que saiu e que informava que junto da Rodoviária/Correios tinham retirado um placard com a informação dos falecimentos lembro que foi em reunião de junta que esta decidiu no tempo de Francisco Duarte a sua colocação. Estranho que até o presidente da autarquia também já esteja envolvido nesta operação!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address