Pazes feitas?

CuriosoAurélio, Henrique7 Comentários


Quando o Henrique se candidatou houve quem, sendo apoiante do Aurélio, dissesse e continua a dizer gato e sapato do vereador. Como ou sem razão nas criticas que fazem, aparentemente entre os dois não há querelas por resolver. Hoje era vê-los em amena cavaqueira num debate em que participaram em Lisboa. Terão feito as pazes ou nunca chegou a haver problemas entre eles e tudo não foi mais do que maledicência de alguns que até andaram a saltitar de um lado para o outro e de alguns que nem podem sequer cuspir para o ar?


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

7 Comentário em “Pazes feitas?”

    1. Curioso

      Caro anónimo. Pelos vistos nunca deixaram de o ser. Terão sido as más línguas dos lados de S. Pedro quem lançou esse boato.

  1. Avatar

    O patronato prepara-se tomar a Marinha, escondido na sombra do PSD/CDS. Já estão no meio de nós com as habituais falinhas mansas. Abram os olhos marinhenses… eu avisei. Depois não se queixem que não se faz nada para as populações, nem se lamentem que haverá muito investimento, mas apenas para bem dos patrões.

  2. Avatar

    tem razão, pois o operariado tem feito de facto um excelente trabalho..e so abrir os olhos e ver a miséria

  3. Avatar

    Não tem nada a ver com o operariado! Há um plano dos empresários para dominar a Câmara. O Logrado diz isso à boca cheia! Perguntem-lhe que ele explica! E acham que estes empresários estão preocupados com a malta? Com o bolso deles, isso sim.

  4. Avatar

    O Santos só quer é que deixem de haver taxas de licenciamento de obras nas empresas para ele não ter de as pagar!

    Mas deixem o Aurélio lá chegar acima que logo a realidade lhes cai em cima e vão perceber que venha quem vier quem vai continuar a mandar é quem não é eleito!

    1. Curioso

      Caro anónimo. Não percebemos o seu comentário. ‘Santos’? Que saibamos ele não tem empresas ou obras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address