Os partidos

CuriosoCMMG, PS, Vicente8 Comentários


À medida que os dias vão passando, vai-se sabendo mais daquilo que os que decidem pensam. Não nos referimos ao que é decidido na câmara porque aí parece não serem os eleitos quem tem poder de decisão. Referimos mesmo ao que acontece os partidos. Depois de ontem termos visto o Santos em amena cavaqueira com o Castro, fomos tentar saber o que se passa dentro dos partidos. Da parte do PS sabe-se que tem havido uma série de contactos para que consigam encontrar quem os possa liderar na campanha que se avizinha, mas a sombra de um possível recuo do Vicente colocou muitos a pensar que isso poderia ser um cenário possível. É verdade que, de acordo com as regras do partido, o Presidente eleito poderá querer continuar o que leva a que a escolha esteja feita logo à partida. Pelo que conseguimos saber, na distrital do partido esse é já um cenário que não é visto com bons olhos. Não sabemos se quando o Vicente se olha ao espelho vê alguém que cumpriu a missão, mas para os lados da distrital essa não é a imagem que têm. O desempenho do Vicente não deixa saudades no seio da grande maioria dos que mandam no partido e compreende-se! Desde que está à frente da câmara não se tem visto nada ser feito. É, aliás, interessante ver-se a preocupação que sente de colocar no Facebook fotos suas com pessoas importantes, numa clara demonstração da necessidade que tem de se mostrar. Primeiro foi com o Embaixador dos Estados Unidos, agora é com o Marcelo. A necessidade que mostra de dar a conhecer que pertence ao grupo dos que são que são ‘cool’ ou estão na moda não pode ser lida senão como um misto de vaidade bacoca e com uma necessidade grande de afirmação. Não há grande dúvida que a sua decisão de não se candidatar foi sentida como um grande alívio por parte da estrutura distrital. Por falar em estrutura distrital, ontem houve reunião da distrital do PSD, momento em que o actual ‘líder’ da concelhia se apresentou. Curiosamente na distrital ninguém sabia quem era!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

8 Comentário em “Os partidos”

  1. La Tem Dias

    E qual o problema de, na distrital do PSD, não saberem quem é o presidente da concelhia da Marinha Grande? Isso só demonstra que é alguém de fora do sistema político e como tal, isento dos “vícios” daqueles que lá estão.

    1. Curioso

      Caro La Tem Dias. Pode ser alguém fora do sistema, mas não era suposto ser conhecido no seio do partido?

      1. La Tem Dias

        Se não era uma figura de primeiro plano da antiga comissão política, se não ia a congressos ou assembleias distritais (porque não fazia parte das suas competências), é natural que não fosse conhecido.

        1. Curioso

          Caro La Tem Dias. Não tendo feito tudo o que refere e não sendo conhecido nem no seio do partido, como espera ter bons resultados se mais ninguém o conhece nem às suas ideias (além das publicadas a semana passada que, convenhamos, não são grandes ideias)?

  2. Avatar

    Tanto incomodo com o PSD.Isto traz agua no bico…Ou então não se dava importância ao caso.Era melhor para alguns que o PSD não concorre-se e desse apoio a um dos movimentos está mais que visto Ou então não convidou para cabeça de lista à Câmara,aquele que o macaco desejaria !

    1. Curioso

      Caro anónimo. Incómodo? Não. Apenas preocupação porque em qualquer candidato poderá estar quem poderá vir a governar a terra e isso deixa-nos preocupados pelo que qualquer um possa ou não fazer. Não temos preferência em relação a quem quer que seja. O único critério que temos é apenas competência.

  3. Avatar

    Parece ser claro que o actual presidente do PSD se candidatou porque queria ser candidato a Camara

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address