Pragas

CuriosoCMMG, Parques, VicenteDeixe um comentário


ratos_vicente2Depois de sabermos que vai haver uma desinfestação em locais que ainda não se conhece – e acreditamos que não irá chegar ao edifício da câmara – fomos alertados para um facto que não conhecíamos. Pelo que nos foi relatado, junto ao lago do Parque da Cerca a quantidade de ratazana que por ali existem é grande e, pior do que isso, não parece existir qualquer medida de combate a esses roedores. Esta questão do combate a pragas parece, no entanto, ser algo que se tem mostrado difícil de se fazer, não apenas no que diz respeito a ratazanas de quatro patas. Há muito que se vem sentindo que quer o Vicente, quer o seu antecessor, têm tido alguma dificuldade em fazer frente a algumas das pragas que têm assolado a terra nos últimos anos. Também não será de esperar que a nova Presidente, que vai substituir o Vicente nos três dias que vai tirar de férias, consiga fazer grandes mudanças. esta questão das pragas e do seu combate leva-nos ao timming que o Vicente escolheu para tirar férias. Sendo indiscutível que deve ter férias e que as merece, a opção de tirar férias agora, quando a câmara está à deriva e deveria aproveitar para encetar negociações que permitam a resolução dos problemas que deixou arrastar até agora, não parece ser a mais adequada. Parece ser evidente que a opção se prende com o enorme desgaste que ontem foi notório. O facto de um Presidente de Câmara tirar apenas três dias de férias, seja ele qual for, vem revelar a fraca gestão que é feita. Torna-se claro que a incapacidade de delegar ou de orientar os serviços de modo a que as coisas sejam feitas mesmo na sua ausência levaram a que não tenha conseguido tirar as necessárias e merecidas férias. Faz-nos lembrar aqueles que adiam as manutenções nas máquinas para poupar dinheiro ao ponto de, quando lhes querem fazer manutenção, perceberem que já vão tarde e têm que partir para a reparação! Isto leva a uma diminuição de produtividade e a uma redução na capacidade de trabalho (quem o diz são os médicos). A decisão do Vicente de assumir quase sozinho o comando da câmara está assim a revelar-se ter sido uma má decisão (nada que qualquer um não soubesse há muito). Resta agora esperarmos para ver se, com o desgaste que está a mostrar ter, ele irá conseguir dar conta das pragas que têm assolado a câmara e, por arrasto, a terra ou se irá, também ele, ser mais uma das vítimas de alguma praga.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address