Vários tiros nos pés

Categoria CMMG, Vicente by Curioso3 Comentários


2tiro_pesCostuma-se dizer que cada um é para o que nasce e está claro que quem quer que anda a escrever os comunicados ao Vicente não nasceu para a política. Em vez de o ajudar, cada vez que sai uma explicação ela serve para enterrar mais e mais o Presidente. Hoje pode dizer-se que em vez de um tiro nos pés ele deu vários. Talvez por haver quem se dedique a escrever os textos ao Vicente em vez de fazer o que deve um dos tiros vai direito à obra que ele refere da escola da Ordem, obra que apenas tem inicio quando as aulas estão para iniciar. Sabe-se que aquelas obras não iniciaram antes porque esteve tudo parado entre dois departamentos da câmara. Quem vai sofrer com isso? As crianças. Uma obra que estava previsto ter tido início no final do ano que passou, começou agora por culpa que é dos serviços mas também do Vicente que os devia supervisionar. Outro tiro resulta do facto de na tentativa de contra-atacar o PCP não explicar porque razão a quase totalidade das obras que refere dizem respeito à Vieira e nem uma à Moita. Esta continua a ser a freguesia esquecida e o Vicente quanto a isso nem uma palavra tem para dar aos fregueses. Um tiro foi directamente para o facto de não ter explicado porque razão prioriza as obras na igreja do Pilado em detrimento das obras de saneamento. Ou seja, a ânsia de tentar atacar o PCP e a conferência de imprensa que ontem deram vem apresentar como coisas boas que possa ter feito ou esteja para fazer sem que explique porque há atrasos que não podem ser atribuídos à não aprovação da revisão do orçamento. Sabe-se que a obra da Rua das Andorinhas não foi feita antes porque não quis, ou melhor, porque ‘desviou’ as verbas que a ela estavam destinadas para outras obras. Talvez o Vicente e quem lhe faz os textos devesse preocupar-se em explicar de onde retirou o dinheiro que a Cidália gastou a mais nas Festas da Cidade ou porque é que a sinalética está agora emperrada com a desculpa da não aprovação da revisão quando há muitos meses que afirma que está a ser tratado. A explicação que procuraram dar mostra o que é cada vez mais visível: a falta de competência de quem devia gerir bem a terra.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    Ora sem duvida falta de competência para gerir o Município.Desvio de dinheiros para obras que não estavam dotadas de verbas suficientemente como por exemplo a estrada da vieira praia e e o largo da republica na vieira.Enquanto a rua das andorinhas,as obras na Moita e obras de saneamento foram altamente prejudicadas.Compadrio e a isto nada diz o Presidente da Junta da Moita.Porquê ?

  2. Avatar

    O presidente da Junta da Moita é outro Álvaro que também se devia demitir. Fora com esta gente são todos uns incapazes.

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address