PS

Sabe-se que o PS tem estado com dificuldades nestes últimos meses. Têm sido dois mandatos onde os problemas são muitos. Um presidente que sai; um que fica mas que não consegue dialogar com a oposição; um orçamento que não consegue ser rectificado; coligações que não se conseguem manter; uma ‘presidente’ que tem mandado sem que tenha sido eleita. Tudo muito mau e a estagnação da terra é visível. A probabilidade de o Vicente poder vir a ser reconduzido é baixa face à notória incapacidade que tem mostrado para gerir a câmara de forma conveniente. Da parte do PCP chegou-se a falar num potencial candidato que já integrou a lista mas essa opção parece ter sido afastada a partir do momento em que ele se mostrou favorável à criação de Centros Escolares, argumento que levou à quebra da coligação. Tem um perfil discreto mas é tido como competente e conciliador, capacidade que não se consegue encontrar com facilidade no seio dos partidos que integram a ‘geringonça’ nacional aqui na terra. Eis que surge a informação de que o nome que poderá encabeçar a lista do PS é alguém que poderá até gerar algum consenso. Ainda sem que haja quem confirme e sabendo-se que a primeira reacção dele foi de rejeição, a ideia de que a câmara possa ser gerida por alguém que tem dado provas de ser capaz de gerir situações complicadas poderá ser uma opção que o PS poderá não ter condições para descartar. Caso o consigam convencer, poderá ficar aberta a porta para que a câmara possa, ainda que nenhum partido obtenha a maioria, vir a ser gerida sem os problemas que têm existido porque poderá ser possível conseguir o que até agora os partidos mostraram ser incapazes de fazer: obter consensos.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 comentários

  1. Desenganem-se aqueles que pensam que o Logrado faltará para viabilizar o orçamento.

    Estará como sempre para marcar a sua posição e defender os interesses do concelho no seu todo e não os interesses desta ou daquela “paróquia”.

    O Logrado não é uma pessoa para fugir às suas responsabilidades, deixou isso claro quando passou pelo município e dará seguimento ao que tem afirmado nos últimos tempos.

    Só aprovará o orçamento se forem satisfeitas as suas exigências, que são as mesmas do “Mais concelho” e de muitos que o apoiam.

  2. Mais um a vir da ala da CDU para o PS. Só prova que o PS não tem quadros nem gente que perceba de alguma coisa.
    A Cidália também veio das listas da CDU pela mão do João Paulo Pedrosa. Não sabe fazer nada de jeito, não sabe fazer um plano estratégico para os pelouros que ocupa, não sabe de política, não sabe de como gerir organizações. Mas é presidente da concelhia. O país está cheio de gente desta, sem conhecimento, sem competência, sem capacidade de gerir os cargos que ocupa.
    Não vejo o Cesário muito conciliador. Quem com ele trabalhou, sabe bem da forma ditatorial como leva a água ao seu moinho. Talvez fosse uma forma de correr com a Teresa Coelho, pessoa que nunca levaria com ele. Mas tem muitos incompetentes atrás de si. Cuidado, nem tudo o que dizem corresponde à verdade.

    • Caro anónimo. Refere que nem tudo o que dizemos corresponde à verdade. Tirando os factos, o resto que escrevemos é a nossa opinião.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário