CMMGConstâncioMercado

“Enquanto autarca, com responsabilidades políticas, acompanhei o Sr. Presidente da Câmara numa negociação muito difícil com o IGFSS, para a CMMG adquirir a parcela de terreno conhecida como feira dos porcos. O valor de mercado era muito maior do que o que foi acordado porque foi garantido que o terreno se destinava à ampliação da zona desportiva e lá iria ser construído um complexo de ténis e de desportos radicais. Foi com esta finalidade lavrada em escritura, que o IGFSS aceitou vender. A Assembleia Municipal, com o voto favorável da CDU, aprovou a compra para ampliar a Zona Desportiva. Considero o ex Presidente Álvaro Órfão um homem de bem e tenho-me a mim, nessa conta. Se esta Câmara Municipal da Marinha Grande, ou outro qualquer executivo, insistir na localização do Mercado naquele terreno, eu interporei uma providência cautelar. O termo “impugnar” pode não ser o mais adequado, mas a ideia é essa.”

Autor: Armando Constâncio, escrito hoje às 1:01


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 comentários

  1. Pois, tinha de ser. Esta coisa ainda acha que o mercado deve ir para o Atrium. Remeta-se ao silencio de quem já fez as asneira que quis e bem lhe apeteceu e que agora só tem é que estar caladinho.

  2. Construir o mercado ali é pôr de parte a possibilidade de a Marinha Grande vir a ter uma Zona Desportiva digna desse nome, com um Pavilhão, uma Piscina, Skatepark, etc…
    O estádio todos os anos recebe diversas provas nacionais da FPF e está naquela miséria… Imaginem se estivesse numa zona devidamente tratada e arranjada!
    Querem atrair investimento privado (hotéis, restauração e afins?) então façam os investimentos públicos certos e deixem-se (quem nos governa!) de ser mesquinhos, fúteis e sobretudo provincianos!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário