Não há almoços grátis

CuriosoCMMG, Logrado, Santos1 Comentário


dinner_schmucks_2A semana passada era para ter sido votado o orçamento rectificativo. Não foi e hoje deverá sê-lo. A razão de ter sido chutado para outro dia teve a ver com o facto de não existir garantia de que o orçamento iria ser aprovado. Pelo que tivemos conhecimento, têm existido algumas movimentações no sentido de poder permitir que o orçamento seja aprovado mediante algumas condições que poderão passar pela entrega de pelouros. A expressão “não há almoços grátis” tem aqui aplicação sem margem para dúvida. Um dos factores que está em cima da mesa tem a ver com o facto de haver quem queira que o Santos pegue num pelouro de modo a poder ficar vinculado às decisões que possam vir a ser tomadas. É uma forma astuta que o Logrado está a tentar usar para o agarrar à governação da câmara mas, pelo que soubemos, as instruções que há do partido são no sentido de não ser feita qualquer ‘coligação’ com partidos da ‘geringonça’. Isso faz com que o Santos, que acreditamos vá aprovar o rectificativo, o faça sem que se vincule de forma definitiva com o que irá acontecer na câmara nos próximos tempos. Fica assim a posição do Logrado que acreditamos irá usar o orçamento rectificativo como forma de poder entrar definitiva na câmara, com pelouros, pondo assim de lado a ideia que tentou transmitir de que as acções que estava a desenvolver com o PEM eram actos de altruísmo e abnegados em prol da comunidade. Independentemente do que possa vir a acontecer com a aprovação do orçamento rectificativo, fica claro que a busca pelo poder é algo que começa a ser mais e mais evidente e todos os argumentos servem para lá chegar.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Um comentário em “Não há almoços grátis”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address