Cartão de visita

Categoria CMMG, S. Pedro by Curioso11 Comentários


obra_s_pedroS. Pedro tem tidos anos difíceis. Tem sido o mar, a falta de areia, as arribas e o vandalismo quem tem marcado os últimos Verões. Quem ali tem estabelecimentos ou quem ali quer passar férias não pode dizer que a sorte tem estado do seu lado. Se há coisas contra as quais é difícil agir, outras há que nos parecem ser o exemplo da falta de bom-senso que deveria existir junto daqueles que mandam. Quem agora passa na marginal chega a uma zona onde tem que fazer um desvio. Não porque haja problemas com as arribas mas porque ali está montado um estaleiro. Uma praia que devia estar bonita e atractiva para quem a visita, dá-sede caras com um estaleiro, com estacionamento condicionado e algo que não tem lógica ver-se numa zona balnear em pleno Verão. Não se compreende como alguém na câmara decide autorizar a realização de uma obra em plena época balnear sabendo que essa obra não apenas irá tornar os acessos condicionados como, pior que isso, não impõe que seja tudo tapado. Em vez da estrutura de protecção que se vê existir noutros locais e noutras obras, a câmara aceita que a estrada seja cortada, o trânsito condicionado e o estacionamento reduzido. É provável que a opção de permitir aquela construção nestes moldes tenha sido para possibilitar que de um lado e do outro da praia se possam ver esqueletos de edifícios. Este é, claramente, um cartão de visita que a câmara poderia ter evitado numa altura em que, em vez de obras, se deveria ver uma praia bonita e acolhedora. Por outro lado, é estranho que a autorização de construção, de ocupação de espaço público, sem que seja colocada cobertura na fachada da obra (que poderia permitir que a via não ficasse tão impedida) tenha sido concedida quando noutras situações são colocados tantos entraves e postos tantos requisitos. Será que era em relação a situações destas que o deputado municipal se referiu há uns meses quando falou que havia situações menos claras na câmara? É capaz de não ter sido tendo em conta os nomes que aparecem no pedido de licenciamento! Quanto ao que ali se vê, ficamos às vezes com a ideia de que os autarcas são pessoas que não visitam outras terras nem vêm nelas como se faz o mesmo que aqui mas muito, muito melhor.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Comentários

  1. Avatar

    Ou se calhar, tem a ver com a corrupção que o deputado municipal e lider do PSD local acusou.

    1. Curioso Author

      Caro anónimo. Não temos informação relativamente ao embargo que refere. Acreditando nós no que refere, resta saber quais os fundamentos do embargo e onde estará a responsabilidade. Em qualquer dos casos, autorizar-se que a obra tivesse início em Março deste ano sem qualquer condição, não nos parece que tenha sido por forma a acautelar os interesses do turismo no concelho.

  2. Avatar

    Para quem ainda não sabe não podem existir obras nos meses de julho e agosto em são Pedro e julgo que o mesmo na praia da vieira

  3. Avatar

    Incúria da autarquia mas o que dirão aqueles para quem S.Pedro foi um feudo durante anos?

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address