Com que cara?

CuriosoCMMG, PSD, Santos7 Comentários


Man-Holding-HeadA meia dúzia de meses de se começar a saber o que será o novo orçamento, existe a dúvida relativamente a com que cara irá o Santos aparecer quando começar a ser discutido o assunto e as obras prometidas não estiverem realizadas. Desde há seis anos que ele tem estado ao lado de quem manda nas votações, permitindo que os orçamentos sejam aprovados. Desde o início que ele tem feito exigências sem que, no entanto, tenha conseguido vê-las realizadas. Na discussão e votação do último ele falou nas obras que estão previstas serem realizadas ou iniciadas este ano e nas últimas reuniões tem vindo a dizer que a execução orçamental não poderá ficar-se apenas pelo PEM. Ora é aqui que reside a dúvida quanto ao que irá ser a posição que irá assumir e com que cara irá enfrentar os que o criticam quando, daqui a uns meses, a lista de obras previstas e prometidas não for executada e ele for chamado a votar mais um orçamento sem que os anteriores tenham sido cumpridos. Irá continuar a ser a “muleta” que muitos o acusam de ser ou irá juntar-se à maioria, chumbando o orçamento? Quando votou o orçamento condicionou o voto à execução de: grandes reparações no parque de habitação social; requalificação urbana do espaço público; sistema de drenagem de águas residuais domésticas nas Trutas; sistema de drenagem de águas residuais domésticas na Amieira; sistema de drenagem de águas residuais domésticas em Picassinos; outras construções e remodelações diversas no sistema de drenagem de águas Residuais do concelho da Marinha Grande; construção do furo de captação em Picassinos; execução de piezómetro de pesquisa para eventual exploração no Pilado; obras de requalificação para exploração do furo ac3 na Pedrulheira; obras diversas no sistema de abastecimento de água em alta; construção de ciclovia na estrada de ligação de Vieira de Leiria à praia de Vieira de Leiria com ligação à estrada atlântica-infraestruturas rede águas; aquisição e grande reparação de equipamento básico para abastecimento em alta; remodelação da rede de abastecimento de água na rua da alegria, rua das flores, Rua Comendador Santos Barosa e travessa Vieira de Leiria; remodelação da rede de abastecimento de água em diversos arruamentos no Lugar das Trutas; estudos e projectos no âmbito do abastecimento de água; construção de ciclovia na estrada de ligação de Vieira de Leiria à praia de Vieira de Leiria com ligação à estrada atlântica; requalificação do Largo da República em Vieira de Leiria; obras de reabilitação na casa museu Afonso Lopes Vieira em S. Pedro de Moel; requalificação dos campos de ténis da zona desportiva da Marinha Grande; reabilitação do pavilhão gimnodesportivo Nery Capucho; requalificação do pavilhão 3 do parque municipal de exposições – orçamento Participativo 2015; construção da ligação de acesso da zona sul da zona industrial da Marinha Grande à auto-estrada A8; requalificação da rua da panificadora na Embra; requalificação da rua das andorinhas; outras obras de remodelação e pavimentações diversas na freguesia da Marinha Grande; beneficiação da rua da vitória na Ordem; requalificação da rua 10 de Junho na Moita; outras obras de remodelação e pavimentações diversas no concelho da Marinha Grande; beneficiação da rua esquerda na Moita; rede viária no âmbito das infraestruturas de saneamento das trutas-fase 1; rede viária no âmbito das infraestruturas de saneamento da Amieira; requalificação da rua Joaquim Matias e travessa do cotovelo; o mercado; a desmaterialização dos serviços municipalizados. É notório que desde que o Vicente está à frente da câmara ainda não foi decidido o que quer que seja. O tempo está a correr depressa, sem que se veja sinal de que o que está orçado venha a ser executado, e começa a parecer que o Santos, nos avisos que tem deixado no ar, poderá estar a preparar-se para fazer o que até hoje não fez. A questão é: conseguirá ou irá mais uma vez dar uma mãozinha ao PS?


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

7 Comentário em “Com que cara?”

  1. Avatar

    penso que câmara tem ainda 9 meses para fazer pelo menos meia dúzia das coisa que o Santos refere e bem, não? e que senão são mesmo incapazes e têm mesmo de ser corridos de la para fora de vez!

  2. Avatar

    Será que o Santos se sente bem neste papel. Foi a votos porque discordava da forma como o PS e CDU geriam a câmara. Ou foi outra razão? Agora, tal como os vereadores anteriores do PSD, é a muleta e está em rota de colisão com o partido.

  3. O santos é um pobre pau mandado que votará o orçamento como sempre fez prejudicando o concelho.
    Votei nele nas ultimas eleições mas depressa me arrependi.

  4. O Santos foi encostado às cordas pelo Logrado.
    O Logrado para aprovar o orçamento fez uma serie de exigências concretas que estão a ser viabilizadas (veremos mais tarde que resultados práticos obterá).
    O Antonio Santos anda há não sei quantos anos a servir de muleta do PS e a história do concelho não o recordará.
    Nada fez, nada exigiu e nada deu à terra.
    Se fosse novamente candidato teria meia duzia de votos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address