Preocupação ou azia?

CuriosoMargarida, PSD, Santos11 Comentários


woman-writing-margarida

Sempre pensámos que o primeiro acto da jovem deputada aqui da terra pudesse ter a ver com assuntos que dizem respeito ao concelho. De algum modo esperámos que alguma questão fosse colocada sobre os problemas da terra. Depois de lermos o que tem escrito no jornal, imaginámos que o foque de atenção estivesse virado para aqui. Também pensámos que, sendo jovem, uma das primeiras questões que colocasse ao Governo pudesse ter a ver com o facto de, como foi sobejamente noticiado, ter existido centenas de alunos que estiverem mais de um mês sem aulas, tal como aconteceu em Matosinhos. Mas não! O seu primeiro acto enquanto deputada foi para questionar a Ministra da Educação e a Presidente da Câmara de Montemor-o-Novo sobre o facto de ter sido noticiado que não era garantido transporte de alunos um dia, por causa da concentração agendada para o dia da queda do Governo. Deve ser mais importante saber o porquê de não haver transporte de alunos durante um dia do que saber o porquê de centenas de alunos não terem aulas por mais de um mês! O primeiro acto da jovem deputada fica assim marcado por ter na base uma forte azia. Quando esteve a escrever os dois requerimentos que entregou terá pensado nos alunos ou terá ficado mais incomodada com o barulho que se ouviu na porta da Assembleia? Não deixa de ser interessante ver como algumas das preocupações que existem na mente de alguns deputados são condicionadas pelos factos políticos e não tanto pela preocupação que sentem dos problemas dos eleitores.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

11 Comentário em “Preocupação ou azia?”

    1. Curioso

      Caro anónimo. Do que escrevemos a sua preocupação centrou-se num “Z”? Isso explica o porquê de os deputados fazerem o que querem já que há sempre os que se preocupam com o acessório e não com o que é essencial. Agradecemos, no entanto, o seu reparo e será corrigido. Devemos ser como os alunos que estiverem mais de um mês sem aulas por culpa do Ministro da Educação que também deverão cometer erros de escrita por não terem professores mas, como é óbvio, isso não é assunto que importe ser alvo de preocupação.

    1. Avatar

      Agora apanharam o curioso e não teve a capacidade de encaixe que espera dos outros.
      Afinal o curioso também comete umas gaffes.
      Sobre o que é importante, o que escreveria o curioso se essa história acontecesse por cá?
      Criticava e muito bem. E agora até parece que concorda só para se meter com a Margarida.
      Uma jovem que nos merece respeito e admiração.
      Será porque Montemor-o-Novo é longe?

      1. Curioso

        Caro anónimo. Apanhou-nos! Também escrevemos com erros e trocamos um “S” por um “Z”. Sem dúvida que é um erro imperdoável. Veja bem… também somos humanos.
        Se fosse cá? Criticaríamos se isso acontecesse. Não nos parece é que um deputado, seja ele qual for, deva dar mais importância a um assunto – que, neste caso, é mais parecido com um sapo que deverá estar a custar a engolir – e esquecer outros tão ou mais graves. A deputada merece respeito, tal como todos os demais. Admiração também pelo facto de ter conseguido, tão nova, ser um exemplo do que é a ascensão à política por via das juventudes partidárias e não tanto pelo mérito.

  1. Avatar

    Os ppd’s em todo o país andam com uma azia… vão à farmácia e aviem-se com um kompensam…

    1. Curioso

      Caro anónimo. Ao longo dos últimos 40 anos foi o PSD, PS e CSD quem governou o país ao ponto de chegar à beira da falência. PCP e BE nunca apoiaram nenhum governo. Agora estão dispostos a isso. A história não mostra que quem antes governou não fez bom trabalho?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address