Número dois a S. Bento

PCP, Vitor4 Comentários


Tem-se estranhado a posição do Vítor no meio da confusão que tem sido criada no seio da câmara e da coligação. A ideia que dá é a de que ele está com o pensamento longe. Esperava-se que o cabeça de lista do partido tivesse uma posição mais forte perante tudo o que tem acontecido, pondo alguma ordem. Agora percebemos a razão desse seu alheamento. O Vítor poderá estar com um pé fora da câmara. Não se trata de abandonar a vida autárquica mas tentar rumar para outros destinos: a Assembleia da República. O Vítor será o número dois da lista do partido pelo distrito às legislativas. Não sabemos ainda se já foi dado a conhecer essa informação ao parceiro de coligação mas o seu nome é, de acordo com a informação que obtivemos, o que consta a seguir à cabeça de lista. Resta saber como irá ele desempenhar as suas funções de vereador durante o tempo que irá durar a pré-campanha e campanha. Compreende-se assim a razão de não ter ainda chamado a si algumas das funções que estão entregues à Alexandra! O que fica por perceber é também a razão de o partido tê-lo chamado para um lugar de destaque na corrida que se aproxima quando é voz corrente que ele não tenciona, desde há muito, recandidatar-se nas próximas autárquicas. Tê-lo-ão escolhido apenas para fazer número, mesmo sabendo que a sua intenção de permanecer na vida política não era para ira além deste mandato?


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

4 Comentário em “Número dois a S. Bento”

  1. Avatar

    Ora bem! parece-me que é verdade que o actual vereador da CDU é candidato nas eleições legislativas em 2º lugar na lista da CDU. Embora se saiba que o PCP e afins, nunca elegeram (e já passaram séculos) mais de que um deputado, imaginemos que se dá um “milagre” e elege 2 desta vez. Que grande confusão! Então o Dr. Vitor Pereira que passa a vida a esticar-se para dar nas vistas, não ia perder a oportunidade de dar o salto. Quem o substituía na coligação? Um imbróglio, só para as cabecinhas “pensantes”.

    1. Avatar

      A questão que ainda não foi respondida é a de saber quem o vai substituir durante a campanha. Um candidato colocado num lugar de destaque deveria suspender o mandato durante a campanha. Seria assim que aconteceria se fossem coerentes e fizessem o que aconselham os outros a fazer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address