Por respeito?!

Categoria ACAMG, CMMG, Vitor by CuriosoDeixe um comentário


acamg_funcoesHá dias o Vítor disse algo que, vindo dele, não conseguimos entender. Uma das coisas que repete várias vezes é o facto de, segundo ele, ter conhecimento do que é o movimento associativo. A propósito do que aconteceu no Carnaval e de uma acusação da ACAMG de falta de apoio por parte da câmara, o Vítor disse que a autora do texto estava a actuar em “quase usurpação de funções” em virtude de não existir direcção há muitos meses e que, por isso, não tinha dado resposta, “por respeito”. Para quem se diz tão conhecedor do que é o movimento associativo estranhámos o facto de não saber que a direcção de uma associação se mantém em funções até à nomeação de uma nova direcção (a menos que se recuse fazê-lo) e que não pode existir nem usurpação de funções nem “quase usurpação de funções” de quem actua em representação da direcção para a qual foi eleito, ainda que interinamente! “Quase” todos sabem que até que seja nomeada nova direcção, quem antes ocupava essa função manter-se-á em funções mesmo que depois de terminado o período para o qual foi eleito. Não deixa, por isso, de ser estranho que o argumento da ausência de resposta do Vítor tenha sido “por respeito ao movimento associativo” quando essa falta de resposta se traduz, ela sim, em falta de respeito por esse mesmo movimento associativo que, pelos vistos, não conhece assim tão bem. Ainda que possa existir algo que não está a funcionar bem na associação, cabe aos seus associados agir e questionar o que possa acontecer. Não cabe a quem tem o poder político meter-se no que se passa no seio de uma associação, dando-se ao luxo de recusar uma resposta porque acha que existe “usurpação de funções” quando esse é assunto que não lhe diz respeito.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Deixe um comentário

  
Please enter an e-mail address