As obras em S. Pedro

CuriosoCMMG, S. Pedro2 Comentários


s_pedroAlguns ainda se recordarão da imagem. Faz agora um ano que o mar mostrou a força que tem e provocou os danos que ainda hoje, um ano depois, se vêm em S. Pedro. Não foi apenas cá que o mar fez das suas. Pedrogrão e Paredes também foram afectadas mas nessas praias há muito que já não há vestígios desse temporal. Aí as câmaras agiram e corrigiram o que o mar havia destruído. Por cá só no início de Fevereiro foi decidido entregar, por ajuste directo, a reconstrução da vedação que foi destruída há um ano a uma empresa do Seixal. Os oito mil euros que irá custar aquela reparação demoraram um ano a serem disponibilizados mesmo depois de ter havido quem se tenha disponibilizado para oferecer a madeira necessária à reparação. Um ano é o tempo que demora mandar colocar umas madeiras na praia que devia ser um dos cartões de visita da terra. O Álvaro foi para a BTL falar em S. Pedro sabendo que tinha acabado de adjudicar a reparação das vedações há poucos dias! Além do tempo que demorou a decisão, fica também sem se perceber o porque de se fazer a adjudicação por ajuste directo a uma empresa de tão longe. O custo da deslocação não se irá repercutir no preço da obra? Sabe-se que à empresa já antes tinha sido entregue o “Projeto de intervenção na costa do concelho da Marinha Grande” e é capaz de ter sido esse um dos fundamentos da escolha mas soa sempre mal quando é entregue uma obra por ajuste directo.


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

2 Comentário em “As obras em S. Pedro”

  1. Avatar

    O Álvaro devia ter vergonha na cara e retratar-se..um ano para mandar por umas traves de madeira é o espelho claro da total INCOMPETÊNCIA desta Câmara comuno/socialista….

  2. Avatar

    Já estão a fazer as obras na praça de são pedro? Que rápidos, estes autarcas. por pouco ainda apanhavam o verão.
    PS: adorei a fitinha na praça para a rapaziada não cair para a praia. uma imagem muito tipica… de áfrica

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address