Cavaco

Disse hoje o Cavaco: “O que eu espero e penso que é o que de melhor poderia acontecer para Portugal neste momento era que se evite o desmembramento da empresa. Eu penso que é legítimo, apesar de se tratar de uma empresa privada e brasileira, é legítimo, pelo menos, fazer uma pergunta: o que é que andaram a fazer os acionistas e os gestores desta empresa. É, pelo menos, esta pergunta que os portugueses têm o direito de colocar“. A resposta parece ser simples (não fosse o facto de ele poder já andar a esquecer-se): andaram a ser condecorados por Sua Excelência pelo “excelente” trabalho realizado! Mas disse mais: “Quando um país compra ao estrangeiro muito mais do que aquilo que lhe vende, a diferença tem que ser financiada ou por empréstimos ou pela entrega de ativos que nós possuímos e no passado nós acumulamos grandes desequilíbrios externos“. E quem deu uma ajuda enorme para que assim fosse, senhor Presidente?

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário