Casa da CulturaCMMGResinagam

Durante meses, senão anos, ouviu-se que a remodelação da Casa da Cultura iria ser um dos factores de desenvolvimento do centro tradicional. Apesar de estar aberto há pouco tempo, não se nota que alguma coisa tenha mudado. Vamos esperar para ver! Há, no entanto, algo que nos parece que poderia ser mudado num curto prazo. Quem passa em frente àquelas duas obras no centro, à noite, o que vê é praticamente nada. Não houve o cuidado de colocar qualquer espécie de iluminação para os novos edifícios. Não existe um único projector quer para a Casa da Cultura quer para a Resinagem. Ao contrário do que se vê noutras terras onde os edifícios que podem ser considerados como emblemáticos ou de interesse histórico são iluminados de modo a poderem ser uma atracção mesmo para quem por eles passa à noite, aqui nada é feito. Quem ali passa não tem nada que que os motive a olhar quer para um lado quer para outro edifício. Quando este fim-de-semana passamos por algumas terras e vimos o cuidado que os autarcas têm nessa matéria lembramo-nos da falta que os que aqui mandam têm quanto a isso. As obras onde se gastou muito dinheiro não parecem assim ter nada que atraia sequer os olhares de quem ali passa. Pode-se gostar ou não do que ali existe mas não haver alguma coisa que lhes dê algum destaque parece soar a falta de cuidado.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

3 comentários

  1. Este fim de semana houve dois espectáculos no Teatro Stephens.
    O macaco prefere falar na falta de focos que, segundo este símio inteligente,faz com que o pessoal não olhe para as fachadas dos edifícios e não se sinta atraído pelo centro histórico.
    Está bem. É um ponto de vista.

  2. Caro anónimo (das 12:30). Houve dois espectáculos? Veja bem que não sabíamos! Apesar da abundante divulgação da programação que existe e passou-nos essa informação! Estávamos a ser irónicos, como deve ter percebido!
    Claro que sabíamos que havia dois espectáculos. Dois! Acha mesmo que dois espectáculos são motivo para destaque ou para que fiquemos entusiasmados? Quando há umas semanas saiu a informação de que iria haver 55 actividades na Casa da Cultura até ao final do ano ficámos na expectativa de que esse número pudesse ficar próximo do que na realidade iria acontecer. Talvez por isso preferimos não falar na ocupação que está a ser dada para que não sejamos acusados de criticar um cartaz de eventos que fica muito aquém do que foi dito.

  3. Até no livro entregue à população que assistiu às sessões inaugurais da Casa da Cultura fazem referência à iluminação xpto que o edifício iria ter, segundo descreve o arquiteto autor do projeto. Até agora não vi nada!!????

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário