Reuniões inúteis

CuriosoAna, CMMG22 Comentários


Quando hoje a reunião de câmara começou, acreditamos que alguns dos presentes tenham sentido que iriam ter algum descanso. Terão mesmo pensado que não iriam ter motivos para ameaçar um dos vereadores com queixas crime. Isto porque o Aurélio não esteve e fez-se substituir pela Ana. Não houve assim o mau ambiente que costuma existir nas reuniões. Apesar do que inicialmente se pensou, a Ana não deixou de colocar as questões que achou por bem colocar. O que achámos estranho foi o facto de, depois de tanta questão, a Ana ter puxado da declaração de voto que trazia feita de casa! Ou seja, as questões que colocou foram quase uma perda de tempo porque desde o inicio que sabia qual o sentido de voto que iria ter, tanto mais que a declaração de voto já estava preparada! Quando pensamos no que são as reuniões, ficamos sempre com a ideia que, apesar de poderem ser preparados os assuntos, os votos são decididos no momento, perante os esclarecimentos que sejam ou não dados. Quando se vê que as questões são colocadas mas que as respostas de nada adiantam porque o voto já estava tomado antes mesmo da reunião começar, notamos que existe, também aqui, uma inutilidade das reuniões. Se se sente que as decisões já vêm tomadas por parte da maioria, também se sente que na oposição as decisões vão já tomadas, mesmo antes da reunião. Fica a sensação de que as reuniões poderiam ser dispensadas, podendo cada um mandar os sentidos de voto e as respectivas declarações por email, evitando assim perderem tempo naquelas reuniões que nada mudam o que cada um já leva decidido! As reuniões são assim inúteis.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

22 Comentário em “Reuniões inúteis”

  1. Avatar

    Isso só acontece porque a oposição bem como toda a gente sabe que o Executivo não muda de opinião, não aceita sugestões nem ouve ninguém, assim só facilita a oposição que tal como eles já pode levar todo o trabalho feito de casa porque sabem de antemão que o Executivo não vai mudar uma virgula ás decisões já tomadas.

  2. Avatar

    A competência revela-se de várias formas. Esta é uma delas. Ainda bem que temos gente assim e que está disposta s participar.
    Obrigado Ana

  3. Avatar

    O estranho seria que não preparassem as reuniões.
    Será que os putros também o fazem. Pelo que está no texto parece que não e isso seria digno de merecer um bom post.

  4. Avatar

    Caro anónimo (das 11:19). A questão não está na preparação ou não das reuniões. Isso é bom que aconteça. O que foi estranho forem serem colocadas questões e no fim puxar-se por uma declaração de voto já escrita. Dificilmente ela poderia reflectir o que aconteceu na reunião porque não há capacidade de prever o futuro. Se a declaração de voto fosse ditada de improviso, tendo em conta o que foi preparado para a reunião e o que aconteceu durante os esclarecimentos, nada havia de estranho nisso e seria o que deveria acontecer. Preparar as reuniões não é o mesmo de levar tudo já feito como que se se previsse o futuro, até porque a declaração poderá não reflectir o que possa vir a acontecer.

  5. Avatar

    Se ha executivo que é previsível é este do PS e PCP. Ser contra as opiniões dos outros e não os ouvir é o seu lema. Também acho que esta vereadora não só se preparou para a reuniao de câmara como já conhece quem faz parte da mesma.

  6. Avatar

    Não sei como funcionam as reuniões do executivo, mas tanto quanto me é dado ouvir, nessas reuniões nada se altera quanto ao que a maioria decidiu propor para votação. Fui ver algumas actas a parece que é mesmo assim. Não vi nenhuma decisão que tivesse sido alterada por proposta de alguém.
    Assim sendo o normal para quem seja organizado, é preparar préviamente o trabalho.
    Não sei porque possa ser alvo de reparo.

  7. Avatar

    Já agora que estamos a falar de declaracões de voto passo a transcrever uma passagem da declaração de voto do Santos a propósito do orçamento.
    É na acta 25, pág 60.

    Passo a descrever
    “… porque confiamos na gestão actual da coligação PS/CDU …”.

    Se confia e já os conhecia para que é que se candidatou?

  8. Avatar

    Não acredito.
    O Santos não diria aquilo, ainda por cima no plural.
    Se disse ou escreveu o pessoal do PSD deve estar muito contente com ele.

    Só pode estar a brincar.
    Será ele o Dr. Joaquim João Pereira?

  9. Avatar

    Anda tudo doido. Depois da coligação do PS com a CDU, agora esta declaração do PSD. Nunca tivemos sorte com os vereadores. Colaram-se sempre ao poder para garantir o tacho. Pensava eu que o Santos era diferente, mas afinal …

  10. Avatar

    Não admira que o faça. Talvez só me admire pelo descaramento. O Fernando Costa também se coligou com a CDU em Loures. Essse quis garantir o tacho. Mas o Santos tem emprego. Será para garantir algum compromisso do JJP com o Álvaro?

  11. Avatar

    Sempre pensei que o Santos vinha dizer que não era verdade que desse um voto de confiança à gestão da coligação PS/CDU. Eu não li, mas afinal parece que aquilo está mesmo escrito na acta. Como as pessoas mudam! Então, o que é que o move para fazer aquela afirmação?
    Desvia a conversa e diz que se ri dos comentários do tacho.

  12. Avatar

    Essa declaração de voto do Santos e realmente um desastre sem explicação ! Parece-me a mim que o problema e que ele mistura sempre a amizade pessoal com as questões politicas de boa ou má governação e dá asneira.

  13. Avatar

    Quando me refiro que confio na gestão PS/CDU, estou, tão só e apenas, a referir-me a uma gestão em que não há condutas lesivas para o erário local, não se verificando que alguém tenha estado a enriquecer a sua esfera jurídica à custa de dinheiros públicos. Mas se, porventura, o caro anónimo sabe de algo, exteriorize esse seu saber, porque vou, naturalmente, acompanhá-lo na descoberta da verdade material, denunciando essa conduta dolosa a quem de direito.

  14. Avatar

    Não misture as coisas e não desvie o sentido das suas palavras.
    Como sabe está a exercer um cargo político. Ou não deu por ela?
    A confiança é política.
    A votação do orçamento nao é para avalizar das contas. Não misture as coisas e não desvie o sentido das suas palavras.
    Como sabe está a exercer um cargo político. Ou não deu por ela?
    A confiança é política. Para isso existem auditorias.

  15. Avatar

    Santos não responda às más linguas, continue a sua boa tarefa de vereador. O Santos é muito mais util nas finanças do que estar a responder na hora do trabalho

  16. Avatar

    Caro anónimo (das 13:06). Pelo que ouvimos na reunião da semana passada, o Santos estaria já de férias e, pelo que percebemos, isso prolongar-se-ia durante esta semana. Não nos parece que se possa dizer que esteja a responder em “hora do trabalho”.

  17. Avatar

    Ai Santos que estão a apertar consigo.
    aAda lá a fazer o frete ao PS e agora estão a descobrir-lhe a careca.
    Gosta de ser enganado como foi no último mandato. Talvez já se tema esquecido.

  18. Avatar

    Caros amigos anónimos. As férias são um direito inalienavel plasmado na CRP. Estou em gozo de férias ate amanha 3a feira.Nunca escreveria aqui para o LC ou para outro lado na hora do trabalho,ate pq o tempo e escasso para me dedicar a este genero de escrita…

  19. Avatar

    Ainda temos 1 dia para ter do Santos uma justificação aceitável para esta confiança política na coligação do PS com a CDU. Não serem ladrões é a sua obrigação. Gostariamos também que fossem competentes, mas infelizmente são incompetentes e têm o seu apoio.

    Está a assumir uma posição pessoal que não reflecte o sentimento do partido que o elegeu. Metade dos seus eleitores de 2009 já não votaram em si nas últimas eleições. Já fez uma reflexão acerca das razões para isso?

  20. Avatar

    caro anónimo das 0,39 de 2/12.(penso saber de quem se trata). Sabe que o entendimento politico contribui fortemente para reforço da estabilidade governativa em nada subalternizando quem profere esse passo para que tal aconteça. Antes pelo contrário…Quando o caro anónimo diz que estou a assumir uma posição pessoal que não reflecte o sentimento do partido que me elegeu, também penso que está redondamente enganado. Veja o que está a solicitar o governo em relação à oposição. Está precisamente a pedir entendimento politico pq só assim é possível governar em condições de alguma estabilidade.Pensava que o caro anónimo andava mais atento, mas…Quando diz que perdi metade dos votos, tb critica por criticar, porque não fez uma análise profunda às circunstâncias que se verificaram as ultimas eleições autárquicas, no País e muito em particular no nosso concelho. Se tivesse feito condignamente essa análise, talvez, digo eu, não tinha escrito como o fez, pena minha. Já agora recordo-lhe que ando na politica para cumprir um dever cívico, nada mais do que isso, fazendo-o de forma totalmente desinteressada,sem pretensão de arranjar tacho.. não sendo talvez o seu caso… Mas apareça, dê a cara, fuja do anonimato,talvez eu seja o primeiro a dar-lhe o meu apoio para me substituir nas lides politicas futuras…O concelho precisa de pessoas assim…mas olhe que não vou entrar em politica de barulho, politica fácil, politica de ilusionismo. Essa politica não faz parte de mim.Se me conhece sou por uma politica de verdade, de justiça, de equidade…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address