Defender o indefensável

CuriosoPCP1 Comentário


Hoje ouvimos, como é hábito, a crónica humorística que passa na TSF. O que foi dito fez-nos ir ler o editorial do jornal oficial do PCP, “O Avante”. Nesse editorial as expressões “forças da reacção”, “potências imperialistas”, “imperialismo”, entre outras, faz-nos retornar a um passado que pensávamos que estava ultrapassado. De uma forma quase surrealista, aquele editorial quase que defende a existência do muro, procurando chamar a atenção para outros muros – não menos vergonhosos – que vão sendo construídos sem conseguir reconhecer a vergonha que foi a sua construção, antes pelo contrário, defendendo-a. A incapacidade de se actualizarem parece ser uma constante e a forma como o partido vai tentando justificar o injustificável mostra que não conseguiram ainda dar o salto para os dias de hoje. Quem perder cinco minutos a ler aquele editorial ficará com a clara noção de que, para os comunistas, o erro esteve não na construção do muro, que foi construído com “carácter defensivo”, mas na sua destruição. Defender o indefensável faz com que se caia no ridículo.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

Um comentário em “Defender o indefensável”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address