Imbróglio

CuriosoCasa da Cultura, CMMG4 Comentários


Ontem um dos assuntos que mais se falou na reunião de câmara foi o da Casa da Cultura. A questão de trabalhos a menos foi abordada mas, acima de tudo, o que esteve em cima da mesa foi a intenção da câmara de querer penalizações por atrasos na obra. Estão a querer que a empresa assuma o pagamento de quatrocentos e cinquenta mil euros que corresponde a um quarto do valor de adjudicação. Recordamos de ter lido que o administrador da empresa se queixava que os atrasos não eram culpa sua e ontem o Álvaro afirmou que tudo isso era invenção dos jornalistas já que o administrador não tinha dito nada disso (mesmo estando o jornalista em causa na sala). Naquela altura o administrador da empresa disse que ainda deveria ser a empresa a ser indemnizada por ter lá homens parados, tudo por falta de decisão da câmara em relação ao que fazer naquele local! Esteja a razão do lado da câmara ou do lado da empresa é agora pouco relevante e não se compreende como só agora é que esse assunto vem à tona. Há meses atrás disseram que a inauguração seria em Setembro do ano passado, mesmo rente às eleições. Já nessa altura se sabia que a empresa estava com dificuldades mas só passados todos estes meses é que se lembram de tentar negociar uma indemnização quando se sabe que, estando a empresa com um administrador do tribunal, não há negociações que agora possam ver luz ao fundo do túnel. Aliás, fomos dar uma vista de olhos à lista dos credores daquela empresa e a câmara não consta como sendo um deles! Tudo isto faz lembrar o que se passou com o UDL e com créditos que, por inércia dos serviços da câmara, nunca serão recebidos. Não se mexeram quando deviam ter mexido e agora temos uma Casa da Cultura metida em mais um imbróglio sem fim à vista. Quase que se percebe a vontade do Vítor de que a obra explodisse!


Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

4 Comentário em “Imbróglio”

  1. Avatar

    Há dezenas de anos que andamos a ser governados por pessoas incapazes. Podem até nem ser curruptos, mas são muito incapazes. Dá dó ver que ainda assim as pessoas não tiram os óculos (de Alcanena) e continuam a votar de cruz, porque preferem ver o PCP ou o PS a ganhar do que verem a Marinha Grande vitoriosa…
    O Alvaro e os outros que o antecederem ganharam as eleições, não foi? agora temos de aguentar… mais 4 anos… O que sabemos hoje acerca da capacidade dele era o mesmo que sabíamos em setembro.
    Mas se não fosse ele era outro pior… ou então esse outro (do PCP) estava lá dois anos e era trocado pelo partido por outro… enfim… vidas de m…
    Ass JB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

  
Please enter an e-mail address