AtriumCMMG

Temos estado à espera para ver quanto tempo demoraria retirar o que decidiu cair do Atrium, bem por cima da entrada onde deveria funcionar o mercado. Cansámos de esperar. Já lá vão demasiados dias sem que alguma coisa tenha sido feita. Claro que ali não está já quase nada a funcionar e esse poderá ser o argumento que pode tentar justificar esta inércia dos serviços da câmara. Mas o problema do Atrium, além de ter uma cor de tijolo quando era o branco que ficava bem, para poder condizer com o elefante que é, vai além disso. A câmara é dona de parte daquele edifício. Ainda que possa argumentar que as obras que são necessárias são da responsabilidade do condomínio, ver que aquele espaço tem parte do revestimento no chão ou que as letras que dão o nome ao espaço decidiram abandona-lo mostra o que é a incapacidade de quem tem o pelouro de conseguir fazer alguma coisa. Ainda que a maioria dos proprietários sejam privados, aquele espaço tem ainda as marcas da câmara e quem ali passa vê ainda nas portas o sinal de que ali está o mercado municipal. Parece-nos que a câmara já deveria ter feito alguma coisa para poder dar um pouco mais de dignidade àquele local. Já que é um espaço que foi apadrinhado pela câmara e onde tem responsabilidade pelo que ali está feito, pelo menos que fizesse alguma coisa para minimizar o que de mau fez ao longo dos anos à terra e aos que foram convencidos a ali fazerem algum investimento ao permitir aquela construção.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

6 comentários

  1. Este ano não há eleições autárquicas. Se houvesse já tinha sido feita alguma coisa. O Dr Álvaro podia lá mandar o Amândio recolher os destroços. Seria a possibilidade dele, por uma vez na vida, trabalhar.

    • No FB o Amândio anunciou que está mute. Sempre e melhor do que escrever bacoradas. Essas escreve-as aqui no largo pata ninguém saber que é. Mas o estilo dele é como o algodão. Não engana.

  2. Directamente lá colocar uma placa de homenagem ao AC. Vão ficar na história da Marinha como a obra simbólica do pior que se fez. A seguir coloquem na resinagem e no cinema de homenagem ao Álvaro e ao Vítor.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário