LogradoTocándar

Ontem lemos que a câmara não atribuiu subsidio aos Tocándar por estes terem entregue a candidatura fora de prazo. Numa primeira leitura, parece que a razão estará do lado da câmara. Se o prazo não foi respeitado, parece claro que o grupo não poderá querer para eles um regime excepcional (tanto mais que o Tojeira foi candidato pela CDU e isso poderia levar a outras leituras). É assim para todos e o descuido não pode ser premiado com soluções de excepção, à margem do regulamento – tanto mais que outros houve que se preocuparam em respeitar o prazo. É evidente que em termos políticos poderia ser reconhecido o trabalho efectuado junto dos jovens e ser atribuído um qualquer apoio, sem que se estivessem a agarrar aos aspectos formais. Se noutros anos houve dinheiro para pagar a pessoas de fora para fazer a Bienal, por certo que os Tocándar não serão menos do que eles! Não sabemos como irá ter desfecho mas acreditamos que os Tocándar poderão resolver parte do problema enchendo a câmara com pedidos de apoio para iniciativas pontuais, que não tem prazos definidos, que levarão a que consigam as mesmas verbas, forçando a câmara a ter que trabalhar muito mais. Mas isto vem trazer ao de cima a necessidade que alguns têm de dizer nas redes sociais “estou aqui“, qual D. Sebastião que vem em socorro dos necessitados. O Tojeira deu a conhecer o que aconteceu no seu blog e no Facebook e, uma hora depois, já o Logrado ali aparecia a anunciar poder “tentar remediar mais esta contrariedade, na próxima reunião do executivo camarário“. Até entendemos que pudesse interessar-se pelo assunto e, como até tem o contacto do Tojeira, o contactasse em privado para tentar resolver o problema. Seria a postura que se espera de quem quer tratar de um assunto sério com a seriedade que ele merece. Escrever numa rede social o que escreveu, sabendo que o que pode fazer é pouco ou nada, mais não é do que tentar cair nas boas graças de quem possa ler, tentando convencer, os que possam não saber como decorrem as reuniões, que até pode fazer alguma coisa da qual saia uma solução. Política não é isto mas entendemos… tudo vale quando se quer mostrar serviço! Se da parte de quem manda pode não existir a sensibilidade necessária para tratar deste problema, de alguma oposição existe muita sensibilidade mas mais no sentido de se virarem para si os holofotes.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

17 comentários

  1. Que mal tem o homem querer levar o assunto a reunião de Câmara e tentar ajudar o Paulo?
    O Paulo bem merece. Escrever no Face? Qual o problema? O dever dos vereadores é o interesse por tudo relativo ao concelho. Em privado ??? O Macaco está a fazer confusão com o Evangelho…o Logrado não tem que ser como a mão que não deve saber da esmola que a outra dá. Os políticos devem mostrar o que fazem e o que pensam.

  2. O Tojeira está muito activo neste mandato.Deverá querer ajustar contas com alguém… Só pode ser.Mas tá a pôr o cu todo de fora…Ainda o vou ver a fumar !

  3. O pessoal do +C é muito zeloso na transparência dos outros, mas em relação a eles a bitola é diferente. Quando se falou do que faz o Logrado andaram a fazer caixinha, não disseram tudo e o que disseram parece ser incompleto. Enrolaram, enrolaram …
    Aquela história da vereação a duas mãos sem enquadramento legal e muito menos político, do Logrado e a Maria João, como condição para fazer acordo com o PS, continua muito mal explicada.

  4. Tenho visto o tojeira sempre activo. Neste e nos outros mandatos. Todas as semanas lá o vejo com a malta toda e tocarem. Portanto activo está sempre. O que ainda não tinha acontecido era o câmara negar-lhe apoio financeiro. Mesmo que digam que entregou os papeis fora do prazo. Parece que são os próprios camaradas a querem fazer-lhe a folha! Ninguem pode defender uma coisa assim!

  5. Tenho acompanhado esta novela da sede do TÓCANDAR e é por demais evidente que o Tojeira não tem sabido gerir este processo, nem com a Câmara nem no seu próprio partido. Mistura a sua ambição politica com o tirar partido politico do excelente projecto que é o TÓCANDAR. Se tivesse tanto bom senso a tratar destes assuntos como as suas qualidades de músico talvez, há muito, já tivesse resolvido o assunto da sede..
    Estas coisas têm de ser tratadas com inteligência sem afrontas a quem deve decidir. Como se diz, “não é com vinagre que se apanham moscas”.
    O Logrado, como oportunista e populista que é, não perde pitada e tenta juntar-se a estas palhaçadas, para tirar partido da confusão.
    O Tojeira está a prejudicar o excelente projecto que construiu.

    • Caro “A verdade Chateia”: Então não entende que o PS não grama o Tojeira e tudo fará para o tramar? Os barões do PC tudo farão para cortar as pernas ao Tojeira? Até eu que não sou politico percebo isso. Nesta pobre terra quem tem ideias e pensa pela sua cabeça tem que gramar sempre com os pequenos poderes e com as invejas. Conhece alguém dos mandantes do PS ou do PC que tenham feito melhor obra que o Tojeira? O madeirense? O Zé Luis? O Fragata? O economista Luis? O Vitinho vereador? O Cascalho? Tinham o Barros Duarte, mas até ele se veio embora para não os aturar!

  6. Oh caro “A verdade chateia”, perdoe-me. O Tojeira não tem sido inteligente? Não tem tido bom senso? Que disparates são esses? Ele tem tipo uma paciencia de santo contra tantas mentiras! Andam a falar do mesmo há uma serie de anos e continuam na mesma e o tojeira é que tem culpa? Pois se calhar ele não devia era ter começado com o Tocándar! Assim não havia problemas. Use lá da sua inteligência!

  7. Caro Anónimo das 15:15
    Leia bem o que escrevi.
    Não disse que não era inteligente. Disse “Estas coisas têm de ser tratadas com inteligência …”.
    É por demais evidente que não soube levar a água ao moinho, que não teve tacto, nem para convencer os camaradas, nem o PS. Isto são factos e a culpa é toda dele.
    Para alguém que até tem ambições politicas não é nada abonatório. Não basta ser bom músico e ter paciência, tem de saber comunicar e trabalhar com diferentes sensibilidades para poder defender bem o seu projecto.

  8. Agora tem um “amigo” de conveniência e oportunista que só vai atrapalhar com a sua intervenção. Seria bom que o Tojeira percebesse que não é no FB que se vai resolver o problema.

  9. Tojeira: não ouças falsos amigos e teorizadores anónimos! continua e por os putos a tocar! Continua a levar o nome da nossa terra! Com sede, sem sede, com chuva sem chuva, com facebok, sem facebok! Trabalha! Dedica-te como tens feito! amanhã a verdade virá ao de cima como o azeite!

  10. “A Verdade Chateia”, incógnito, nunca deve ter feito nada pela terra e vem aqui marrar num cidadão que muito tem feito pela terra e pelos jovens da terra! Eu admiro a calma que o tojeira e os miúdos do Tocándar têm tido. Ano após ano trabalham e só lhes prometem e mentem1 Sejam ps ou pc. E depois aparecem estes anónimos da treta ainda a criticarem! Atrevidos e ignorantes!

    • Limito-me a escrever aquilo que as pessoas de bom senso pensam do Tojeira e de toda esta história em volta do Tócandar.
      Os miúdos mereciam melhores exemplos e que se deixasse desse atitude reivindicativa com pouca inteligência, misturada com ambição política inconsequente e aproveitado pelo populismo, nunca vista na nossa terra.

    • “Limito-me a escrever aquilo que as pessoas de bom senso pensam do Tojeira”. Ouve lá pá: tu conheces o Tojeira? Tu achas que seria possível manter um projeto com aquela envergadura como e o Tocándar, com prestígio nacional e internacional sem que o tojeira tivesse muitos apoios, designadamente dos jovens que o acompanham e das famílias deles? Tu também és dos que sofrem da doença mais comum da Marinha Grande que é a dor de cotovelo? Tu achas que em tantos anos de trabalho não devias ter mais respeito? Ou pensas que os outros são como tu mandrião e sem ideias?

  11. Salvador da pátria ou não, mas a verdade é que passamos a saber o que se vai passando na Câmara e passamos a ter uma voz ativa que está lá para encontrar soluções para os problemas dos Marinhenses e não para complicar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário