Quem tudo quer…

Curioso+ Concelho, PS30 Comentários


Nesta época de Natal, há personagens que voltam à nossa memória. Uma delas diz respeito a um avarento que tudo queria, o Scrooge. Lembrámo-nos deste personagem quando hoje lemos o que o Curto veio dizer em relação às negociações entre o PS e o + Concelho. Há uns dias tínhamos lido o Logrado queixar-se de ter sido posto de lado pelo PS e que tinha sido o Álvaro quem tinha roído a corda. Hoje lemos que o motivo que levou a que o acordo não surgisse teve a ver com o facto de o Logrado ter querido ficar com um super-pelouro (desporto, cultura, associativismo, acção social, educação, juventude, comércio, industria, serviços, turismo, tecnologia de informação e comunicação), ter querido impor o seu programa eleitoral e ter querido modificar a organica da câmara do modo que ele acha dever ser. Ou seja, segundo o que o Curto vem dizer, o Logrado terá querido passar a ser ele a mandar – no tempo que iria por cá estar -, contrariando o que foram os resultados eleitorais. É óbvio que cada um acredita na versão que lhe dá mais jeito mas, pelas informações que fomos obtendo ao longo deste último mês, o Curto não estará muito longe do que na realidade aconteceu. Não admira que o Álvaro lhe tenha dado com os pés. Aplica-se o velho ditado de que quem tudo quer, tudo perde! Pelo que agora foi assumido pelo PS como sendo o que aconteceu, se há um ano atrás o Logrado apareceu como sendo o Pai Natal, o papel que agora parece ter querido assumir é bem diferente. Resta saber se, à semelhança do que acontece no “Conto de Natal”, o Logrado irá ainda a tempo de ver o que de errado aconteceu, aproveitando para mudar o rumo que tem vindo a seguir. É que nesta coisa de terem que existir várias forças políticas, os acordos conseguem-se fazendo cedências de ambos os lados e não apenas com um deles a querer impor o que acha. Chama-se viver em democracia!

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

30 Comentário em “Quem tudo quer…”

    1. Avatar

      O que o Curto Ribeiro veio dizer é mentira, sejam sérios, quem acredita nestes Socialistas depois do que fizeram?

  1. Avatar

    UMa notícia mesmo à CDU… São uns tristes!!!! O último a rir é quem ri melhor… Vamos ver quem será!!!! PS e CDU vão ser os melhores amigos…

  2. Avatar

    Sera q alguem ainda tem duvidas q este senhor so pretendia influencias para ganhar dinheiro em todos os negocios da autarquia.

  3. Avatar

    O Curto deu-lhe forte e feio. Li o artigo e não há floreados e tudo pão pão queijo queijo . Não e vulgar alguém por as coisas assim em pratos limpos. Vamos a ver se há resposta.

    1. Avatar

      A resposta já foi dada primeiro, o que agora foi dito é o tentar explicar o inexplicável. É o PS no seu melhor. Espero que a Prof.ª Cidália consiga por a casa em ordem.

  4. Avatar

    O que o Curto Ribeiro escreveu é verdade. O Logrado pensa que é o maior. Ele tem de ter humildade e analisar os resultados.

    Quanto ao PS e CDU até ao momento estão a provar que são capazes de se entender.
    Vamos ver, se continuarem assim é um exemplo para todos os políticos.

    1. Avatar

      Em pode acreditar num ex-Social Democrata, há pois, se não sabiam, ficam a saber, o Curto Ribeiro era do PSD.

  5. Avatar

    O Curioso comunista no seu melhor…
    O PS vai comê-los vivos (á CDU) até ao fim do mandato…

  6. Avatar

    E no que da juntar a fome -Constâncio – com a vontade de comer – Logrado – misturadas com demagogia barata – Aires Rodrigues – servidos a um conjunto de ingénuos e ceguetas que não vem um palmo a frente dos olhos que são os seguidores crédulos do +concelho. Pode ser que aos poucos vão abrindo os olhos.

  7. Avatar

    Alguém já lhe chamou seita e não será muito longe disso.
    É uma atitude populista baseada em iniciativas irreflectidas, avulsas e,muitas delas, sem nexo.

  8. Avatar

    Completamente de acordo. Convém mesmo que abram os olhos, porque cego não é o que não vê mas aquele que não quer ver.

  9. Avatar

    Quero dar os parabéns ao Curto Ribeiro pôr tudo em pratos limpos.
    Tudo o que este senhor escreveu está escrito pelo Logrado (sem tirar nem pôr).
    É normal os derrotados quererem deitar as culpas para o vencedor.
    Não é com Elvira, Aires, Maria João, etc que o + Concelho vai longe.
    Tenho desgosto que o Constâncio ande metido com esta gentalha.

    1. Avatar

      A bem da verdade, era bom que fossem publicas as atas das reuniões (entre PS e + Concelho) e o documento apresentado pelo + Concelho. Não é estranho que tenham havido tantas reuniões (fala-se em 9 encontros) entre os dois? Se tivesse sido como o Curto agora vem querem dizer, bastava uma ou duas e passava-se a outro, mas não, havia muitos pontos em comum e estavam quase a concluir o processo, quando o PS furou as negociações e virou o ponteiro para a CDU. Muito está por explicar.

  10. Avatar

    Então e o que é que o macaco tem a dizer do novo secretário de apoio à vereação que está insolvente?

    A Câmara tomou conhecimento.
    3 – DESPACHO N.º 326/GP/AP/2013 – DESIGNAÇÃO DE SECRETÁRIO DO GABINETE DE APOIO À VEREAÇÃO – LUÍS ANTÓNIO GERIA BARREIROS.
    Para os devidos efeitos, na qualidade de Presidente, dou conhecimento ao digníssimo órgão executivo, que através do meu despacho n.º 326/GP/AP/2013, de 19 de novembro, designei também, para exercer as funções de secretário do gabinete de apoio à vereação, o Senhor Luís António Geria Barreiros, com efeitos a 20 de novembro de 2013.

    1.º JUÍZO DO TRIBUNAL DA COMARCA
    DA MARINHA GRANDE
    Anúncio n.º 6923/2012
    Processo n.º 333/12.3TBMGR — Insolvência de pessoa
    singular (apresentação)
    Insolvente: Luís António Geria Barreiros.

    Querem ver que o macaco não sabia?

    1. Avatar

      Caro anónimo. Não temos acesso a toda a informação, como deve perceber, e não tínhamos conhecimento desse facto. A ser verdade o que refere, e não pomos em causa, pelo que lemos os processos de insolvência são “o último recurso para as pessoas e famílias sobre-endividadas”. Pelo que lemos, existe um dever de quem está na situação de insolvência recorrer a esse processo de modo a “proteger os credores”. Se o Barreiros estava em situação de insolvência e recorreu a esse processo terá cumprido o que estava obrigado. Não nos parece que exista nesse facto problema acrescido. Não nos parece que, tendo em conta o estado do país, possa ser considerado como algo que impeça o desempenho de funções como secretário. Questão diferente é a de se tem ou não competência para o cargo. Isso sim parece-nos ser mais preocupante e merecedor de atenção.

    2. Avatar

      A posição do macaco é curiosa. Alguém estar sobre-endividado e ir ocupar um cargo de nomeação política é normal. Agora ponha-se na pele dos credores que ficaram a arder e diga-me se acha normal ver esta nomeação. É que noutras ocasiões o macaco censurou comportamentos privados relativos a pessoas que ocupam cargos públicos e não só.

    3. Avatar

      Caro anónimo. Relativamente à nomeação já antes escrevemos sobre isso. Não temos conhecimento de quem possam ser os credores, valores e motivos para podermos ter opinião. Trata-se de matéria privada que não nos parece possa influir na nomeação até porque não foi para um cargo de gestão onde, aí sim, poderia valer a pena averiguar-se as capacidades de gestão.
      Se considerarmos que cada um de nós deve cerca de vinte mil euros, só pelo facto de sermos portugueses, a questão do sobre-edividamento parece-nos que afecta todos.
      Acreditamos que os credores possam até ficar contentes com a nomeação e com a perspectiva de poderem receber o que possa estar em dívida uma vez que sabem qual a entidade patronal e qual o valor de remuneração.

  11. Avatar

    Não tentem desviar-se do assunto do post.
    Como pode vir o Curto defender a dama quando não esteve em todas as reuniões?
    Ele mesmo, que vai comunicar ao + Concelho o fim das negociações, sem saber o que tinha sido dito pelos seus parceiros nas últimas reuniões.
    Foi um processo vergonhoso de onde o PS saiu bastante mal na fotografia.
    Não tentem demonstrar aquilo que não conseguem ser.

    1. Avatar

      Em conclusão o +concelho à última da hora apresentou um documento com uma palete de exigências que foram claramente negadas, depois foram entretidos e comidos vivos por causa dos “conselheiros mor” que lhes davam as dicas, enfim um folhetim de capa e espada sem sangue e muita (não me atrevo a utilizar o adjectivo)

    2. Avatar

      Também me parece. Pensavam que o PS estava encostado às cordas e levaram com um direto nos queixos. Agora tudo serve para justificar aos crentes o desaire. Os conselheiros mor inventarão qualquer coisa que salve o líder desta situação.

  12. Avatar

    O Logrado, com a sua mania de esperto, levou uma abada. Queria arranjar amprego para a Maria João, mas a coisa correu mal.
    Tal como já se sabia antes da eleições, além da falta de jeito e de ética, taambém não tinha disponibilidade para exercer qualquer cargo.
    Como é timbre do +C, uma mentira, ou até uma asneira, deve ser levada até ao fim para não se perder a face. O caso do estendal é paradigmatico.

  13. Avatar

    Por você não conhecer as pessoas que compõem o +Concelho, grupo do qual faço parte e sendo eu um cidadão trabalhador e honesto, sou obrigado a considerar o seu comentário parvo.
    Ao contrário de alguns, como não tenho nada a esconder, até me posso identificar aqui.
    alrane

    1. Avatar

      Então sabe que é verdade e que a estratégia tinha apenas como objectivo fazer tudo o que fosse possivel para arranjar votos. Ou fui só eu que ouvi?
      Para isso recorreram ao populismo. Esta não ouvi mas é mais que evidente.

Deixar uma resposta