AiresPOUS

Com tudo mais ou menos parado, não conseguimos esquecer o reaparecimento de alguns “velhos” da política que, com o aparecimento dos movimentos independentes, decidiram dar o ar da sua graça. Um dos “Trotskistas” que há uns anos gritava “Soares e Cunhal reúnam-se imediatamente” nunca conseguiu ter grande relevância no cenário politico nacional mas está prestes de conseguir ter algo a dizer localmente. Se há uns anos ele era conhecido pelo seu tom de voz alto e a bater na mesa, com cara de mau, hoje está mais calmo e recatado. É habitual dizer-se que por trás de um grande homem está uma grande mulher mas agora, o que se costuma dizer, tem que ser invertido: por trás de uma mulher está um ex-candidato a tudo! Com a João a assumir o papel de “vice” e a estar a preparar-se para ocupar o lugar que a partir de certa altura lhe passou a estar destinado (até porque foi já ela quem deu a conhecer a última proposta), o Aires irá ter, por fim, direito a ter um lugar no trono que sempre ambicionou, ainda que sem que se possa sentar nele. É aliás visível pelo seu aparecimento, que alguns podem achar ter sido por acaso, nos jornais da semana passada como que a dizer “eu estou aqui“. Apesar de não ser visto a rir, não temos duvidas que o estará a fazer no seu intimo uma vez que, ninguém dúvida, será ele quem estará no comando das operações. Se com o partido que fundou nunca conseguiu chegar a lado nenhum, tem agora possibilidade de conseguir por em prática algumas das ideias que sempre defendeu. Estamos curiosos para ver se ele se irá sentar no lugar destinado ao público quando a João, pela primeira vez, se sentar num dos lugares dos sete que mandam na terra e se, como já antes vimos, irá estar a dar instruções! Se há os que diziam que na Vieira era o Constâncio quem iria estar por trás da candidata, com ela a ficar pelo caminho, sobraram apenas para o Aires alguns dos raios das luzes da ribalta.

Seguir
( 0 Seguidores )
X

Seguir

E-mail : *

Comentar com conta do Facebook

comentario(s) no Facebook

21 comentários

  1. Bem caçado. O Aires, com todos os anticorpos que criou, nunca poderia dar a cara em qualquer movimento e atirou a mulher para a frente. Não faz parte do secretariado mas adormecem e acordam um ao lado do outro.

  2. Mas foi um elemento activo na campanha. Aliás dos mais activos.
    Só não foi candidato porque ninguém vota nele.
    Agora tem o que sempre sonhou, o PS e o PC juntos. Ai se o Cunhal soubesse … vinha cá a cima descompor esse pessoal todo.

  3. São tão baixos estes comentários do curioso que nem vale a pena responder. Há mais coisas a fazer nesta terra do que estes mexericos sem qualquer cabimento. Falem de coisas importantes para a Marinha Grande….

    • Caro anónimo. Fizemos alguma pergunta para que tivesse que dar resposta? Tanto quanto sabemos, é importante para a terra saber quem nela manda e quais as ideias que estão na base do que possa ser proposto, se ideias marxistas, trotskistas, de extrema direito, de centro, socialistas, comunistas ou qualquer outro tipo de ideias. Claro que isso apenas importa a quem sabe o que significa cada um dos conceitos! Quem não faz ideia do que seja isso acha que tudo são mexericos!

  4. Estou convencido que quem faz os “postes” não é o macaco mas sim a mulher do macaco. Lá em casa é ela que veste calças. Está confirmado – por trás dum grande macaco está sempre uma grande macaca. Ou então o mudo.

  5. Que cada um faca o que t’em de fazer.Nao foi por isso que Aires,Carreiras,etc,deram partes importantes das suas vidas para que a DEMOCRACIA,e at’e a possibilidade destes coment’arios terem o direito de existirem.Nao ‘e com intriguices’ que Passos e Cavaco com a sua ditadura do capital serao derrotados (???)-No proximo sabado em Aveiro,tal como em 1973 no Congresso das Oposicoes o NAM(Nao apaguem a memoria) vai enviar uma mensagem para todos quantos acreditam de facto na UNIDADE antifascista!!!!

    • Este texto é da extrema esquerdista Irene, que está ligada ao +C. Aquilo é uma amálgama de gentes de todos os lados. Não admira que de lá só saiam asneiras.

  6. A defesa acérrima que o Constâncio fez da candidata da Vieira só permite tirar essa conclusão. Perdeu a oportunidade de aparecer. Lá vai ficar na história como um dos culpados de se terem gastos tantos milhões no Atrium. Alguém ganhou com isso.

  7. Porque e que mandaram o Barros Duarte embora e agora aceitam isto? Ao que o nosso partido chegou. Camaradas, será que temos de fazer uma revolução internar para por daqui para fora o Andrade o Vitor e a Dengucho?
    Esta não me encaixa. Será aos nossos inimigos que dizem que é uma questão de emprego tem razão? Nem quero acreditar.

  8. É uma vergonha, aliarem-se aos inimigos.
    Venham cá bater-me á porta daqui a quatro anos ou antes, a pedir votos, que são corridos a tiro.
    Que falta de caracter.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  
Please enter an e-mail address

Postar Comentário